Jump to content
Forum Cinema em Cena

Dois Irmãos- Uma Jornada Fantástica (novo da Pixar)


Questão
 Share

Recommended Posts

Novo filme da Pixar: Dois Irmãos ganha primeiro teaser dublado

 31/05/2019 - 01:25
 GIOVANNA TORTATO

A Pixar divulgou o primeiro teaser e pôster oficial da animação Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica (Onward), que traz Chris Pratt (Guardiões da Galáxia) e Tom Holland (Homem-Aranha: De Volta ao Lar) nas vozes dos protagonistas na dublagem original.

Os personagens dos astros, os elfos adolescentes Ian e Barney Lightfoot, podem ser vistos no cartaz abaixo. Na trama, os irmãos adolescentes decidem deixar sua vida suburbana em um mundo fantástico para descobrir se ainda há magia lá fora.

Além de Pratt e Holland, as atrizes Julia Louis-Dreyfus, de Veep e Seinfeld, e Octavia Spencer, ganhadora do Oscar por Histórias Cruzadas, completam o elenco cheio de estrelas da animação.

Confira abaixo o primeiro teaser e pôster da animação:

content_pic.jpg

Dois Irmãos - Uma Jornada Fantástica (Onward) estreia nos cinemas norte-americanos no dia 6 de março de 2020.

 

FONTE: MINHA SÉRIE

Bastante inventivo visualmente, mas ainda não deu pra sentir o fator "diferencial Pixar" ainda.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...
  • 1 month later...
  • 1 month later...

“É um filme muito pessoal para mim”, diz diretor de nova animação da Pixar

"Dois Irmãos — Uma Jornada Fantástica" chega às salas de cinema do Brasil em março de 2020 e ganhou painel neste sábado (7) na CCXP

Por Tatiane Rosset
access_time8 dez 2019, 15h39 - Publicado em 7 dez 2019, 23h43
more_horiz
dois-irmaos-pixar-ccxp-01.jpg
 

 (Diego Padilha/Divulgação/Veja SP)

Dois Irmãos — Uma Jornada Fantástica é o primeiro filme original da Pixar desde Viva — A Vida É Uma Festa, de 2017. A nova animação chega às salas de cinema no Brasil no dia 05 de março de 2020 e, neste sábado (7), o diretor Dan Scanlon foi à CCXP 2019 revelar alguns bastidores sobre a produção. O mais emocionante? A história, que mostra a relação de dois filhos com o pai, é inspirada na vida pessoal do profissional: “É um filme muito pessoal para mim. Eu tinha um ano de idade quando meu pai morreu. Meu irmão tinha três anos, e nós não tínhamos muitas lembranças dele”, revelou Scanlon.

Na produção, os irmãos Ian e Barley Lightfoot, com vozes de Tom Holland e Chris Pratt, respectivamente, vivem uma aventura mágica após receberem um presente especial, deixado por seu pai antes de morrer. Moradores de um subúrbio mágico, mas com cada vez menos feitiços e encantamentos, eles ganham um cajado e uma pedra fênix, que promete trazer o patriarca à vida por apenas 24 horas. O problema? O feitiço dá errado, e eles precisam correr para tentar encontrar uma solução.  A inspiração para a história veio de uma fita, encontrada por um familiar do diretor: os irmãos nunca tinham ouvido a voz do pai. Após muita expectativa, eles recebem uma gravação onde é possível ouvir a voz do homem dizendo “olá” e também “tchau”. Parece pouco, mas para os jovens foi uma memória inesquecível. “Para nós foi mágico, foi incrível ouvir a voz dele”. 

 
 

A história deste subúrbio mágico está em criação há mais de seis anos. “Não há humanos nesse universo”, garante Scanlon. As criaturas mágicas também ganham roupagens… diferentes. Os míticos unicórnios, por exemplo, são tratados como pragas — Scanlon os comparou a guaxinins — e estão em todos os lugares. Ao todo, o filme possui treze espécies diferentes, como elfos e ciclopes, e até tipos desenvolvidos especialmente para a produção. A animação também conta com feitiços desenvolvidos especialmente para a produção, que seguem algumas regras: os nomes precisam ser curtos, você pode adivinhar o que eles fazem após ouvir a “convocação” do feitiço, e não pode parecer muito “bobo”.

No painel, Scanlon revelou que a equipe está “bastante animada” com o elenco da produção e revelou os bastidores do relacionamento de Holland e Pratt, que trabalharam juntos em Vingadores — Guerra Infinita (2018): “Chris é como um irmão mais velho para o Tom”.

 

FONTE: VEJA

 

Pô, achei bem legal a história do diretor, e as inspirações pra história do filme, já que no longa, os irmãos também tem uma versão "incompleta" do pai com o tal feitiço, pelo que mostra no trailer. Esse depoimento me deu mais vontade de ver o filme do que os materiais de divulgação.

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...
  • 1 month later...

ARTISTA PROCESSA A DISNEY POR POSSÍVEL PLÁGIO EM DOIS IRMÃOS: UMA JORNADA FANTÁSTICA

 1h -  159 – Será que ela ganha a causa?

POR GUILHERME SOUZA → Em breve, chega aos cinemas a animação Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica, nova produção da Pixar que conta com nomes como Chris Pratt e Tom Holland no elenco de vozes originais, mas antes mesmo de ser lançada, a produção já está passando por um problema jurídico.

Através de uma matéria feita pelo The Hollywood Reporter, descobrimos que a artista Sweet Cecily Daniher abriu um processo contra a Disney e contra Kori Rae, produtora de Dois Irmãos, por terem feito uma conspiração secreta para copiar sua van única sem a permissão dela.

Conhecida por registrar imagens de unicórnios por todos os lugares em que passa, a autora do livro I See Unicorns é dona de uma van roxa que possui a pintura estilizada de um unicórnio em sua lateral (que foi carinhosamente batizada de Vanicorn) – e de acordo com ela , a PIXAR copiou o design da van no filme sem que ela permitisse. Segundo Daniher, o veículo chamou a atenção da mídia local e isso fez com que a PIXAR também ficasse sabendo sobre o veículo.

Daniher se recorda de que em setembro de 2018, representantes da PIXAR alugaram a van dela para ser exposta em um evento limitado exclusivo para funcionários e que a Vanicorn “seria usada apenas como parte do cenário e nada mais além disso.” Entretanto, quando Dois Irmãos foi anunciado oficialmente, a artista foi rápida em divulgar a suposta cópia em suas redes sociais, comparando a van original com a van do filme, que possuem um visual bem similar, embora o veículo do desenho use um Pégaso ao invés de um Unicórnio no desenho da lateral.

“Uau! Então, vocês acham que a Disney e Pixar roubaram a Vanicorn para o filme Dois Irmãos? Hmmm. não foi legal!!”

Em junho de 2019, Daniher fez outro post em suas redes sociais, alegando que a produtora Kori Rae havia ligado para ela, pedindo desculpas pela situação e dizendo que eles não foram muito claros sobre as reais intenções da PIXAR quando alugaram o veículo anteriormente, pois na ocasião, o filme ainda não tinha um título oficial e que isso impedia a elaboração de um contrato de confidencialidade.

O advogado de Daniher afirma que o contrato de locação proibia qualquer tipo de fotografia ou representação visual da van além do evento em que ela seria exposta e é com base nisso que o processo está sendo feito.

Daniher está processando o estúdio por violação de direitos autorais, violação do Digital Millennium Copyright Act, violação do Visual Artists Rights Act e violação do California Artists Protection Act. Além da busca pela reparação de danos, Daniher está pedindo está pedindo ao tribunal uma liminar impedindo os réus de distribuir, comercializar ou vender anúncios, mercadorias e o próprio filme infrator, e ela quer uma declaração de que os direitos autorais relacionados aos réus são inválidos.

https://www.legiaodosherois.com.br/2020/artista-processa-a-disney-por-possivel-plagio-em-dois-irmaos-uma-jornada-fantastica.html

Link to comment
Share on other sites

On 1/29/2020 at 11:49 AM, Jailcante said:

ARTISTA PROCESSA A DISNEY POR POSSÍVEL PLÁGIO EM DOIS IRMÃOS: UMA JORNADA FANTÁSTICA

 1h -  159 – Será que ela ganha a causa?

POR GUILHERME SOUZA → Em breve, chega aos cinemas a animação Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica, nova produção da Pixar que conta com nomes como Chris Pratt e Tom Holland no elenco de vozes originais, mas antes mesmo de ser lançada, a produção já está passando por um problema jurídico.

Através de uma matéria feita pelo The Hollywood Reporter, descobrimos que a artista Sweet Cecily Daniher abriu um processo contra a Disney e contra Kori Rae, produtora de Dois Irmãos, por terem feito uma conspiração secreta para copiar sua van única sem a permissão dela.

Conhecida por registrar imagens de unicórnios por todos os lugares em que passa, a autora do livro I See Unicorns é dona de uma van roxa que possui a pintura estilizada de um unicórnio em sua lateral (que foi carinhosamente batizada de Vanicorn) – e de acordo com ela , a PIXAR copiou o design da van no filme sem que ela permitisse. Segundo Daniher, o veículo chamou a atenção da mídia local e isso fez com que a PIXAR também ficasse sabendo sobre o veículo.

Daniher se recorda de que em setembro de 2018, representantes da PIXAR alugaram a van dela para ser exposta em um evento limitado exclusivo para funcionários e que a Vanicorn “seria usada apenas como parte do cenário e nada mais além disso.” Entretanto, quando Dois Irmãos foi anunciado oficialmente, a artista foi rápida em divulgar a suposta cópia em suas redes sociais, comparando a van original com a van do filme, que possuem um visual bem similar, embora o veículo do desenho use um Pégaso ao invés de um Unicórnio no desenho da lateral.

“Uau! Então, vocês acham que a Disney e Pixar roubaram a Vanicorn para o filme Dois Irmãos? Hmmm. não foi legal!!”

Em junho de 2019, Daniher fez outro post em suas redes sociais, alegando que a produtora Kori Rae havia ligado para ela, pedindo desculpas pela situação e dizendo que eles não foram muito claros sobre as reais intenções da PIXAR quando alugaram o veículo anteriormente, pois na ocasião, o filme ainda não tinha um título oficial e que isso impedia a elaboração de um contrato de confidencialidade.

O advogado de Daniher afirma que o contrato de locação proibia qualquer tipo de fotografia ou representação visual da van além do evento em que ela seria exposta e é com base nisso que o processo está sendo feito.

Daniher está processando o estúdio por violação de direitos autorais, violação do Digital Millennium Copyright Act, violação do Visual Artists Rights Act e violação do California Artists Protection Act. Além da busca pela reparação de danos, Daniher está pedindo está pedindo ao tribunal uma liminar impedindo os réus de distribuir, comercializar ou vender anúncios, mercadorias e o próprio filme infrator, e ela quer uma declaração de que os direitos autorais relacionados aos réus são inválidos.

https://www.legiaodosherois.com.br/2020/artista-processa-a-disney-por-possivel-plagio-em-dois-irmaos-uma-jornada-fantastica.html

Rato safado. Bom, comparado ao Rei Kimba, isso não é nada

Link to comment
Share on other sites

  • 4 weeks later...

‘Dois Irmãos’: Primeira personagem gay de uma animação da Pixar é censurada na Rússia

Por
 Allan Torres
 -
2 de março de 2020
 
 
 
Share
 
 
 
 
 
 
 
 
dois-irm%C3%A3os-696x348.png

De acordo com o Cinema Blend, os cinemas da Rússia estão censurando uma cena da animação ‘Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica’ por causa de uma personagem gay.

Na cena, os protagonistas Barley e Ian encontram uma policial ciclope e acabam fazendo amizade com ela, que menciona sua namorada.

No entanto, as redes de cinema KinoPoisk alteraram a fala da personagem, trocando a expressão  ‘minha namorada’ por ‘meu namorado‘.

Não é a primeira vez que a Rússia faz isso, pois os cinemas do país editaram uma cena no início de ‘Vingadores: Ultimato’, quando o personagem do diretor Joe Russo revela-se gay.

Em ‘Rocketman‘, foram removidos cinco minutos de cenas que exploravam a homossexualidade de Elton John, o que é essencial para contar sua história.No ano passado, também foi removida uma cena com beijo gay ao final de ‘Star Wars: A Ascensão Skywalker‘.

Até o momento, a Disney e a Pixar ainda não se pronunciaram sobre o assunto.

Lembrando que ‘Dois Irmãos – Uma Jornada Fantástica‘ será lançado nos cinemas nacionais em 05 de março.

 

FONTE: CINEPOP

 

Pô, não sabia que a Russia é tão encucada com isso.

Link to comment
Share on other sites

Dois Irmãos’ tem uma das PIORES estreias para uma animação da Pixar

‘Dois Irmãos’ tem uma das PIORES estreias para uma animação da Pixar

 

Apesar de ter liderado as bilheterias, a nova animação da Pixar, ‘Dois Irmãos‘, estreou abaixo das expectativas, com US$ 40 milhões nos EUA – o que representa uma das PIORES estreias para uma animação da Pixar no país.

Especialistas apontam que o temor causado pelo coronavirus tenha ajudado a enfraquecer a estreia da animação nas bilheterias, levando a especular o impacto que outras grandes produções podem ter por causa do vírus.

No mercado internacional, o longa também teve uma performance abaixo do esperado, arrecadando apenas US$ 28 milhões através de 47 mercados (incluindo US$ 1.1 milhão no Brasil), totalizando uma estreia global de US$ 68 milhões.

A produção recebeu uma nota A- da audiência e conquistou os críticos, com 86% de aprovação no Rotten Tomatoes. Isso deve ajudar a animação a manter uma boa estabilidade nas próximas semanas.

 

Fonte: cinepop

Link to comment
Share on other sites

Embora não sejam filmes RUINS, os últimos filmes da Pixar estão bem longe da fase aurea dela.

 

Não está ladeira abaixo, encontrou um equilíbrio no "mais do mesmo" e os outros estudios, principalmente a Disney-mãe, estão fazendo animações computadorizadas que são se não superiores, no mesmo nível e muito divertidas.

 

A Pixar não está mais um nível acima.

Link to comment
Share on other sites

 

 O filme se ferrou de estrear nesta data

 

Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica se mantém em primeiro lugar das bilheterias dos EUA

A soma de todos os prejuízos

16 de março de 2020 13:00
dois-irmaos-bilheterias-eua-mantem-696x3
 

A cada nova semana, as bilheterias americanas dos finais de semana tem caído fervorosamente. As pessoas estão respeitando a recomendação da quarentena do novo coronavírus e têm ficado em casa.

Em sua terceira semana em cartaz, o novo filme da Pixar, Dois Irmãos: Uma Jornada Fantástica, permanece o líder de bilheteria. A arrecadação foi de US$ 10,532 milhões, um valor 73,1% menor do arrecadado durante a sua semana de estreia.

Em segundo lugar, aparece o drama Enquanto Estivermos Juntos, com US$ 9,500 milhões. Bloodshot figura a terceira posição, com US$ 9,300 arrecadados.

 

FONTE: O LIVRE

Link to comment
Share on other sites

  • 10 months later...

Olha, só não é o pior da Pixar porque existe Carros (é meio difícil tirar esse título desse filme).

Gostei da parte final, com alguma ação ali e boa resolução da história, mas até chegar ali, achei tudo meio estranho e bizarro (e não no sentido bom da palavra). Esse negócio de ter metade do pai, é algo que não souberam lidar (e como e que dá pra lidar com isso? Tem um par de pernas que os personagens tem que ficar carregando por aí), e esse universo criado aqui é algo tão sem criatividade, algo que já vimos similares em trilhões de animações, que o filme não consegue colocar algo relevante ou interessante nisso. 

Mas gostei do personagem do Chris Pratt (e no fim a gente vê que o filme é dele mesmo), Pixar poderia aproveitar ele num outro projeto aí (até falaria num seriado, mas teríamos que lidar com esse universo brocha que criaram aqui, então, sei lá, tirem ele daqui e coloquem num Monstros SA). 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...