Jump to content
Forum Cinema em Cena
jujuba

Game Of Thrones

Recommended Posts

as modificações que estão sendo feitas.. cada vez maiores, na maioria das vezes são necessárias na minha opinião.. principalmente pelo problema de numero de personagens.. imagine que a série ja tem uma quantidade recorde de personagens, mas o livro tem 5-6 vezes esta quantidade.. o apendix do quarto livro tem 80 paginas listando personagens e associações, e cada página tem uns 10-20 personagens.. então na adaptação muita coisa tem que ser cortada ou modificada, personagens fazem ações de outros que não entram na série e por ai vai..

 

 

não poderia dizer nada deste assunto do J.Snow sem correr o perigo de soltar spoilers.. muita coisa desta chegada do Stannis foi diferente..  acho que posso dizer que talvez a série tenha dado uma dica ou duas em algum momento das ultimas 3 temporadas.. nem eu teria certeza, posso estar errado.. e volto a falar que a série tem uma quantidade impressionante de detalhes que normalmente o pessoal deixa passar sem saber do que se trata..

Share this post


Link to post
Share on other sites

Até as intenções também mudam. Quem leu o terceiro livro diz que após Tyrion ser libertado pelo irmão eles tem um longo diálogo não muito agradável. E que este diálogo motivou o Tyrion a matar seu pai. Na série, todos viram, a Shae na cama do Pai foi o estopim. Provavelmente eles, os roteiristas, quiseram manter a camaradagem entre irmãos por isso suprimiram este desagradável diálogo. Numa recente entrevista o oróprio autor dos livros, Martin, disse que Tyriin foi levado ao seu limite e quebrou,

 

Detalhe interessante: Segundo quem leu os livros, os Lannisters cagam ouro. E quando Tyrion mata seu pai sentado no trono, kkk, ele diz, "provei que os Lannisters não cagam ouro".

Share this post


Link to post
Share on other sites

Mas fico pensando que diálogo pode ter sido esse pq, Jamie before Brienne, já tinha dito palavras bem duras, cruéis mesmo, p/ Tyrion.

 

Gosto de pensar que Tyrion não seria sugestionado por ninguém.  Acho que sua decisão pela morte do pai, foi uma miscelânea de tudo, de se ver quase morto, de ser traído pela amante e principalmente por se dar conta de que, embora tenha tentado a vida toda ser reconhecido como filho pelo, isso nunca iria acontecer.

 

Engraçado que com "GOT" não acontece (CMG) como com as outras séries, esse pesar por mais eppys ou pirar com uma espera de 1 ano.

Uma temporada de "GOT" é tão densa que esgota a gente...aff!  Mais seria overdose!

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os livros se apóiam muito em monólogos internos. Neles Tyrion sempre lembra da esposa, Tysha. Na série Tysha só foi mencionada uma vez, fora isso a Shae da série não é uma interesseira e foi o maior amor da vida dele. Não caberia colocar no episódio a briga com Jaime.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Seria galhofa total a começar não teria nudez e nem metade da violência. :lol:

 

Se bem que nos anos 80 tinha muitos filmes bem violentos. Mas não teria peitinhos. KKKKK! :lol:

 

SE bem que teria também me lembrei das comédias adolescentes como Pork's e quase todos os filmes de terror genéricos como Sexta Feira 13 que o digam. Mas em contra partida as séries anos 80 eram bem conservadoras hoje se tem uma inversão os filmes estão conservadores e as séries ousadas. Vai entender. :wacko:

 

Exemplo recente RoboCop.

 

Aproveitando o post saiu o trailer Honesto de Game of Thrones está hilário como o de costume. :lol:

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

"E faz com que as pessoas que leram o livro, se gabarem porque já sabiam o que ía acontecer"

supertrue !

 

Cuidado aí aos que tem qquer parentesco com Sean Bean.

Cheque sua árvore genealógica, NOW !  :)

Share this post


Link to post
Share on other sites

Muito bom !

Donde se conclui que a única coisa que ainda não pode ser criada by techno são atores... ainda. Se bem que em algumas cenas eles são perfeitamente dispensáveis!

 

Queria mais sobre os dragões !

Share this post


Link to post
Share on other sites

Segundo informações do The Hollywood Reporter, os principais atores da atração garantiram suas participações em uma provável sétima temporada da série (que ainda não foi anunciada, mas que sempre fez parte dos planos dos showrunners da atração).


A publicação revela que os astros tinham contratos até o sexto ano e que, após uma extensa renegociação, aceitaram a inclusão de mais uma temporada em seus contratos. Em troca, a HBO dará grandes aumentos durante os anos 5, 6 e 7 de Game of Thrones, o que fará com que os astros principais estejam entre os mais bem pagos da TV fechada dos EUA.


Ainda de acordo com o THR, a atração conta com um sistema hierárquico para compensar seus atores. O “time A” conta com os astros Peter Dinklage (Tyrion), Kit Harington (Jon), Lena Headey (Cersei), Emila Clarke (Daenerys) e Nikolaj Coster-Waldau (Jaime), todos esses com alto grau de compensação financeira. Estes renegociaram os contratos em conjunto.


O “time B”, que recebe uma escala menor de salário e inclui Sophie Turner (Sansa), Maisie Williams (Arya) e Natalie Dormer (Margaery) também receberá mais dinheiro em troca da manutenção de suas aparições em mais um possível ano, além dos dois já garantidos. Para completar, a terceira leva de atores que aparecem regularmente receberão aumentos bem menores.


No entanto, a publicação destaca que isso não é garantia de que aqueles que possuem contratos firmados fiquem até o fim. Caso eles sobrevivam dentro da narrativa, aí sim serão vistos até o sétimo ano.


Vale destacar que George Martin ainda não completou seus livros e ninguém sabe o que esperar para a narrativa. Afinal, Game of Thrones pode ser tudo, menos previsível.


Share this post


Link to post
Share on other sites

Alguns personagens novos que aparecerão na 5° temporada, já foi revelado a algum tempo mas como ninguem postou segue abaixo:

 

 

 
Mas nem tudo são flores parece que cortaram a persongem Arianne Martell, que teria uma razoavel importancia no livro, parece que ela será "substituida" pelo seu irmão Trystane Martell. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Game of Thrones vs. Vida real: 5 ocasiões em que a realidade é pior que a ficção

 

GOT.jpg

 

Anna Neistat
Diretora sênior de pesquisa da Anistia Internacional

 

 

Este texto foi originalmente publicado no Huffington Post

 

A tão esperada quinta temporada de Game of Thrones começará no domingo (12). Exibida em 170 países, a série choca espectadores e causa controvérsia com sua violência explícita, especialmente contra as mulheres.

 

Só que muitos aspectos da vida real ao redor do mundo hoje são piores do que os da terra mística da Westeros.

[Alerta de spoiler: Revelações sobre o roteiro de toda a 2ª temporada]

 

1. EXECUÇÕES

 

Game of Thrones começa com o Lorde do Norte Ned Stark executando um desertor. Uma vez que nenhum personagem está a salvo na história, ele depois é decapitado pelo despótico Rei Joffrey sete episódios depois.

 

Apesar das inúmeras execuções, Westeros é fichinha perto das 2.466 penas de morte que a Anistia internacional documentou ao redor do mundo em 2014, 28% a mais que em 2013.

Esse aumento brusco é encabeçado amplamente pelo Egito e pela Nigéria, apesar de o maior número de execuções acontecer na China. Métodos de execução ao redor do planeta incluem injeções letais e enforcamento, ao passo que a decapitação ainda ocorre na Arábia Saudita.

 

Leia o relatório da Anistia Internacional sobre pena de morte de 2014.

 

2. TORTURA

 

A maioria dos exemplos de tratamentos cruéis, desumanos e degradantes em Game of Thrones poderia ter sido inspirada na vida real. Em 2014, a Anistia Internacional documentou várias práticas de tortura que remetem às cenas de tortura de Theon Greyjoy na segunda temporada: remoção de unhas (na Nigéria), execuções simuladas (México) ou deixar as vítimas sem roupa e prender e puxar sua genitália com uma corda (Filipinas).

 

Em 2014, a Anistia Internacional alertou sobre uma crise global de tortura. Houve relatos de casos de tortura e outros maus-tratos em 141 países nos últimos cinco anos, de espancamentos e estupros ao uso de cachorros para intimidar as vítimas.

 

As cenas de tortura da série podem ter tocado em uma ferida. 44% das pessoas ainda temem que correriam risco de sofrer tortura se fossem mantidas sob custódia em seus países, segundo uma pesquisa da Anistia.

 

Descubra mais sobre a campanha Chega de Tortura, da Anistia Internacional.

 

3. CASAMENTO FORÇADO e outras formas de VIOLÊNCIA CONTRA A MULHER

 

Game of Thrones é criticada por sua representação das mulheres e pela violência sexual. Mulheres são estupradas, forçadas a serem escravas sexuais ou sujeitas a outras violências baseadas em seu sexo.

Algumas das protagonistas principais são vendidas ou forçadas a se casarem. Logo no primeiro episódio, o irmão de Daenerys Targaryen a força a se casar para prosseguir com suas ambições.

Os direitos das mulheres não são muito melhores no mundo real. A violência contra a mulher continua sendo causa de conflitos violentos, mas não se limita a isso. Na Argélia e na Tunísia, a legislação permite que um homem acusado de estupro não seja preso caso ele se case com a mulher que estuprou – se ela tiver menos de 18 anos.

 

Nós desconhecemos a verdadeira escala do casamento forçado, mas o GirlsNotBrides afirma que 700 milhões das mulheres vivas hoje foram casadas antes de fazerem 18 anos. Um país onde o casamento forçado continua é a Somália, apesar de a extensão precisa do problema ser desconhecida. Em março, a Anistia Internacional publicou depoimentos de arrepiar de meninas e mulheres somalis com necessidades especiais que foram forçadas a se casar com homens mais velhos e/ou abusivos:

 

“Eu tinha 13 anos. Minha família decidiu me dar a esse homem, eu me recusei e fugi. Minha família mandou homens fortes atrás de mim. Eles me pegaram, amarraram meus braços e minhas pernas e me jogaram em um quarto com o homem. Ele bateu em mim desde o começo.”

 

Mas mulheres e meninas em Westeros e ao redor do mundo estão revidando. Na última semana, a Anistia Internacional destacou as afegãs defensoras dos direitos humanos, que continuam seu trabalho corajosamente, mesmo com ameaças, ataques e assassinatos.

 

Saiba mais sobre a campanha Meu Corpo, Meus Direitos, da Anistia Internacional.

 

4. VIGILÂNCIA

 

Nenhum personagem pode dizer qualquer coisa em Porto Real sem ser ouvido pelos espiões pagos pelos manipuladores políticos “Mindinho” ou Varys, cujos “passarinhos” contam a eles as “histórias mais estranhas”.

 

Os espiões de hoje não têm “passarinhos”, mas eles têm, de fato, programas de vigilância em massa para meios de comunicação virtuais e móveis, como o Dreamy Smurf , que a agência de inteligência britânica GCHQ usa para ativar telefones celulares que estiverem desligados para usá-los como dispositivos de escuta. Se os poderes do governo de coletaram bilhões de informações online por mês não forem controlados, a internet terá menos privacidade que Porto Real.

 

Saiba mais sobre a campanha antivigilância #UnfollowMe, da Anistia Internacional.

 

5. ARMAS QUÍMICAS, CRIANÇAS SOLDADO E OUTROS CRIMES DE GUERRA

 

O mundo medieval de Game of Thrones é uma zona de guerra brutal com ataques a civis, “fogo vivo” químico e exércitos de escravos compostos por crianças sequestradas, sem mencionar dragões…

2014 foi um ano catastrófico para os civis em zonas de guerra, segundo o relatório anual da Anistia Internacional. O relatório não registrou o uso de dragões, mas destacou violações das leis de guerra em pelo menos 18 países.

 

Novas evidências do uso de armas químicas surgiram no mês passado. Testemunhas oculares na Síria contaram à Anistia Internacional que foram expostas a ataques de gás de cloro, causando a morte pavorosa de uma família inteira, incluindo três crianças pequenas.

 

Não deixe que a vida real compita com Game of Thrones nos quesitos horror, violência e crueldade. Tome uma atitude e defenda os direitos humanos ao redor do mundo.

 

Fonte.: https://anistia.org.br/game-thrones-vs-vida-real-5-ocasioes-em-que-realidade-e-pior-que-ficcao/

 

Plutão: Ótima ideia para chamar a atenção em uma grande mídia de entretenimento, que continue assim. Um plano estratégico muito bom de gênios como Varys e Tyrion, para alertar das violações de direitos humanos no planeta.Só não prefiro Westeros porque sem internet e outros confortos modernos não me atrai. Se bem que têm muitas beldades ai fico dividido. Heheheh!

Share this post


Link to post
Share on other sites

O episódio de estréia da 5 temporada foi um episódio de preparação. Mas nem por isso deixou de ter cenas grandiosas, morte de personagem, bem cruel aliás e os ? Dragões mais assustadores. A noticia ruim é que vazaram os 4 primeiros episódios. Um recém convertido vai trazer problemas pra Cersei e o Anão ainda mais hardcore, vomita e depois bebe mais vinho....kkk

Share this post


Link to post
Share on other sites

É sempre assim em "GO"

Começa apresentando os conflitos e o desenvolvimento p/ resolvê-lo (ou tentativa de) se dá lá pelos quinto, sexto eppy, qd fica pilhante já tá estourando o  derradeiro décimo eppy.
A pergunta que não quer calar é quem, de importante do elenco morrerá nessa temporada.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

×
×
  • Create New...