Jump to content
Forum Cinema em Cena

Caché


-felipe-
 Share

Recommended Posts

Taí uma das notícias que mais me intrigam atualmente: Michael Haneke, ele mesmo, fazer um remake hollywoodiano de FUNNY GAMES. Claro que espero o melhor e acho que é quase impossível ele fazer algo abaixo de fantástico, mas não deixa de ser curioso um cineasta como ele tomar tal decisão. Estaria Haneke com vontade de expandir seu alcance de público?

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 79
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

o filme é intrigante.

claro que não agrada a todos [afinal, o filme tem pouca ação, pouca trilha e ainda é em francês --> o que não me desagrada nem um pouco, mas o faz com o espectador de massa].

 

o que me causou um imediato desconforto no filme foi o final... é como se ele chegasse pra vc e dissesse: "acorda, o filme não é nada daquilo que você estava pensando!!!"

 

e é ai que você tem que pensar tudo que você pensou durante toda a exibição de um outro jeito.

 

por exemplo... a gente assiste o filme pensando num suspense... quem fez as filmagens, e tal.

até que, no fim, você percebe que na verdade não importa como as fitas foram parar lá mas sim o que elas causam no personagem...

 

e assim são vários outros elementos do filme.

 

digamos que o filme começa ótimo, continua ótimo, termina indignante e depois volta a ser ótimo.

 

rs

 

 

Link to comment
Share on other sites

O filme não é sobre "quem fez as fitas?". Isso não importa e me pareceu uma mera brincadeira do Haneke.

É um filme sobre a questão dos imgrantes na França, claramente um apelo a juventude francesa para não seguirem o exemplo das atuais elites cultas e burguesas. Além de fazer várias reflexões sobre o cinema e fazer filmes, etc.

O melhor filme do ano até o momento.

Link to comment
Share on other sites

eu acho que o filme tem esse caráter de tratar dos caso dos imigrantes mas é mais do que só isso...

acho que mais forte ainda é o que as fitas causam no casal.

as fitas como um elemento de fazer os personagens olharem pra dentro de si e analisarem suas ações e serem analizados por sua própria consciência.

 

acho que a questão dos imigrantes foi um toque a mais na história que não se limita a isso. [e um toque pertinente a junventude francesa, sinceramente.]

 

 

Link to comment
Share on other sites

eu acho que o filme tem esse caráter de tratar dos caso dos imigrantes mas é mais do que só isso...
acho que mais forte ainda é o que as fitas causam no casal.
as fitas como um elemento de fazer os personagens olharem pra dentro de si e analisarem suas ações e serem analizados por sua própria consciência.

Concordo também. Além dessa questão dos imigrantes e talz, é um filme sobre a repercussão que as fitas também sobre esse casal da elite francesa culta e burguesa. É interessante ver as consequencias que as fitas trazem, mas não a questão de "quem fez as fitas", isso é inútil para o filme.

Link to comment
Share on other sites

 

eu acho que o filme tem esse caráter de tratar dos caso dos imigrantes mas é mais do que só isso...

acho que mais forte ainda é o que as fitas causam no casal.

as fitas como um elemento de fazer os personagens olharem pra dentro de si e analisarem suas ações e serem analizados por sua própria consciência.

 

Concordo também. Além dessa questão dos imigrantes e talz' date=' é um filme sobre a repercussão que as fitas também sobre esse casal da elite francesa culta e burguesa. É interessante ver as consequencias que as fitas trazem, mas não a questão de "quem fez as fitas", isso é inútil para o filme.

[/quote']

 

como eu tinha dito...

 

e na verdade isso foi uma sacada muito esperta do roteirista.

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

1) No momento, acho que tema central do filme é o ridículo sentimento de culpa da elite branca pelo trágico destino reservado aos estrangeiros.

 

2) Por este sentimento de culpa, os pais do George resolveram adotar um argelino órfão. Naturalmente, enciumado, este inventa uma mentira p/ expulsar o invasor de seu lar.

 

3) Décadas mais tarde, agora é a vez de George sucumbur a este sentimento de culpa e se responsabilizar pela paupérrima vida que o destino reservou p/ o argelino. Esta culpa pode ser sentida em seus recorrentes pesadelos e na sua reação às fitas, pois as mentiras contadas à mulher demonstram a sua atual vergonha pela suas ações pretéritas.  Algo ridículo, levando em consideração que o George era somente uma criança na época.

 

4) Esse sentimento de culpa parece que começa a aflorar no jovem filho do casal que aparenta odiar os pais, talvez por culpá-los pela xenofobia que aflora na França moderna.

 

5) Não acho que pessoas somente por representarem a elite favorecida e não fazer nada p/ melhorar a situação dos menos favorecidos podem ser considerados culpados pela marginalização dos grupos de estangeiros. 

 

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Bastante interessante. Não o coloco como obra-prima, mas é intrigante, faz pensar, e obviamente tem a direção talentosa do Haneke. Achei perfeito o filme não se propor a solucionar o mistério das fitas. Enfim, não chega a ser uma revolução no que tange ao estudo do caráter humano, mas é muito melhor do que a maioria dos filmes que tenta fazes tal estudo. E a atuação do Auteil 10

Link to comment
Share on other sites

  

                Ron Howard irá dirigir refilmagem de 'Caché'

 

 O filme francês 'Caché', estrelado por Juliette Binoche, será refilmado em Hollywood.

Quem ficou responsável pela adaptação é Ron Howard, de 'O Código da Vinci'.                                                                        

Howard já afirmou que irá alterar a história (que trata sobre uma família que começa a receber fitas de vídeo com imagens de seu cotidiano, criando um clima aterrorizante), introduzindo mais seqüências de suspense.

Ainda não há previsão do início das filmagens nem atores envolvidos no projeto.

  cache-poster01t.jpg             cache04t.jpg
Link to comment
Share on other sites

  

                Ron Howard irá dirigir refilmagem de 'Caché'

 

 O filme francês 'Caché', estrelado por Juliette Binoche, será refilmado em Hollywood.

Quem ficou responsável pela adaptação é Ron Howard, de 'O Código da Vinci'.                                                                        

Howard já afirmou que irá alterar a história (que trata sobre uma família que começa a receber fitas de vídeo com imagens de seu cotidiano, criando um clima aterrorizante), introduzindo mais seqüências de suspense.

Ainda não há previsão do início das filmagens nem atores envolvidos no projeto.

  cache-poster01t.jpg             cache04t.jpg
[/quote']

 

04

 

Será que no final o personagem principal vai vencer suas próprias limitações e ser aclamado por seus pares?
Link to comment
Share on other sites

 

Depende' date=' existem refilmagens que melhoram as boas idéias dos filmes originais em execuções ainda melhores... Os Infiltrados tá aí pra provar isso.

 

Além disso, Funny Games é outro filme do Haneke que vai ser refilmado.

 

Pode ser, pode ser que o tio pegue esse dinheiro e apronte algo... 19
[/quote']

 

Não assisti o original de Os Infiltrados ainda. Na verdade, não vi nem Os Infiltrados.

 

Mas... vamos torcer para que o tio faça isso mesmo.

 

 

Link to comment
Share on other sites

 

Depende' date=' existem refilmagens que melhoram as boas idéias dos filmes originais em execuções ainda melhores... Os Infiltrados tá aí pra provar isso.

 

Além disso, Funny Games é outro filme do Haneke que vai ser refilmado.

 

Pode ser, pode ser que o tio pegue esse dinheiro e apronte algo... 19
[/quote']

 

Tá... beleza! Mas quem vai refilmar Funny Games é o próprio Haneke... e, apesar de eu gostar muito de Uma Mente Brilhante, ainda acho que Howard não é exatamente um bom nome para refilmar Caché...

 

Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

 

 

img_news_06032007imagem1roward.jpg

Ron Howard
Ron Howard, diretor de O Código Da Vinci, revelou que fará uma versão norte-americana do consagrado Caché, de Michael Haneke.

O longa-metragem francês mostra a história de misteriosos vídeos que são entregues ao apresentador de TV Georges (Daniel Auteuil). Com imagens íntimas de seus familiares, as ameaças aterrorizam as vidas do apresentador e de sua esposa Anne (Juliette Binoche), que ficam nas mãos do enigmático chantagista.

Caché rendeu à Haneke o prêmio de Melhor Diretor no Festival de Cannes em 2005, o que aumenta a responsabilidade de Howard. O diretor já informou que na nova versão a história se passará nos Estados Unidos e dará mais ênfase ao suspense e às conseqüências que a chantagem traz à família do receptor.

Atualmente, Howard está envolvido na produção do filme Anjos e Demônios, prequel de O Código Da Vinci, baseado no livro de Dan Brown. Após o término das filmagens do longa-metragem, que tem data de lançamento marcada para dezembro de 2008, o cineasta pretende se dedicar à refilmagem
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

Concordo com a veras. estoucomeçando a acordar para o filme e superar a fase do "indignante".08

 

Perdí aquela cena final do filho de Majid com o Pierrot. É uma cena rápida, mas pôs todo o filme a perder para mim. Vou rever assim que possível e analisar melhor aquele final. 

Só não consigo abandonar essa questão levantada pelo rubysun. Não há nada de realmente agressivo nas fitas, mas os desenhos são bastante perturbadores. Qualquer um ficaria atordoado com aquele tipo de imagem.

 

Aliás, há algo de psicótico naqueles desenhos: além de se tratarem de imagens bizarras, há um indício visual muito claro de que foram desenhadas por uma criança.

Posso estar errada, mas não seria possível concluir que aqueles desenhos são da autoria de Majid, ainda que na infãncia? Não poderiam ser algum registro guardado por ele como forma de expressar o trauma da traição maquiavélica do "irmão adotivo"? Teriam sido descobertas pelo filho em alguma gaveta? O mesmo teria então indagado sobre elas e usado as explicações para manipular Georges, ainda que moralmente?

 

Comecei a falar do filme agora e me ocorreu essa possibilidade. Não havia pensado nisso antes. Tampouco durante o filme.06
Link to comment
Share on other sites

Posso estar errada' date=' mas não seria possível concluir que aqueles desenhos são da autoria de Majid, ainda que na infãncia? Não poderiam ser algum registro guardado por ele como forma de expressar o trauma da traição maquiavélica do "irmão adotivo"? Teriam sido descobertas pelo filho em alguma gaveta? O mesmo teria então indagado sobre elas e usado as explicações para manipular Georges, ainda que moralmente?[/quote']

 

Irrelevante, irrelevante, irrelevante, irrelevante, irrelevante e irrelevante... 06

 

Lá no CsC tem uma explicação bastante interessante do porquê o filme é excepcional, explicação essa com a qual eu concordo.
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...