UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena
silva

Stanley Kubrick

Qual vcs escolhem?  

85 members have voted

  1. 1. Qual vcs escolhem?

    • Laranja Mecânica
      32
    • O Iluminado
      11
    • Dr. Strangelove
      6
    • Nascido Para Matar
      4
    • Spartacus
      0
    • Lolita
      4
    • 2001 - Uma Odisséia no Espaço
      39
    • O Grande Golpe
      1
    • Glória Feita de Sangue
      4
    • A Morte Passou por Perto
      0
    • De Olhos Bem Fechados (?)
      13
    • Outro?? Comente, sim?
      3


Recommended Posts

Sem rever nada:

 

01. Barry Lyndon (75)

 

barrylyndonmp8oe6.png

 

02. O Iluminado (80)

03. De Olhos Bem Fechados (98)

04. Nascido Para Matar (87)

05. Dr. Fantástico (64)

06. Laranja Mecânica (71)

07. O Grande Golpe (56)

08. Glória Feita de Sangue (57)

09. A Morte Passou por Perto (55)

10. 2001: etc (68)

 

Em ordem de preferência é?Interssante, também acho "De Olhos" um dos melhores, na verdade é o meu favorito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

>

Olhei apenas uma vez 2001, e sinceramente não gostei. Mas lendo as respostas do tópico, creio que preciso olhar de novo...

01

Já Laranja Mecanica por enquanto acho o melhor filme dele, até comprei o DVD semana passada..16

Share this post


Link to post
Share on other sites

Tenho uma certa teoria sobre essa coisa de assistir de novo e gostar...

Na minha opinião quando você não conhece quem fez o filme você analisa de um forma ,contudo depois que você conhece um pouco mais a obra do diretor e gosta você já começa analisar de outra forma vendo apenas o lado positivo da coisa...

O Stanley tem uma das melhores filmografias da história por isso é normal que a pessoa que conhece os outros filmes de dele e assista novamente 2001 veja só os lados positivos do filme e acabe gostando.....

Ou seja as pessoas assistem e assistem até gostar pois são influenciadas pela opinião dos outros que dizem que o filme é a maior obra prima do cinema....

Share this post


Link to post
Share on other sites

Kubrick é excelente!

 

Qto a essa parada de Oscar: Quando não temos um nerd tetudo milionário como Peter Jackson para comprá-los, eles tentam fazer um trabalho justo, mas sempre sai mta merda.

 

Só que Oscar premia sempre o "melhor do ano", então se temos dois grandes filmes num mesmo ano, somente 1 poderá ganhar. Mesmo que o que não ganhar seja um filme excelente e melhor do que o que ganhou no ano passado.

 

Por essas e outras que Touro Indomável, um dos melhores do Scorsese,  jamais viu a cor do Oscar.

 

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

Vc REALMENTE odeia o Jackson' date=' né Van Dame? :D[/quote']

 

 

hahahahahahah

 

Po foi mal aew! Tinha jurado que só ia falar desse cara de novo depois de ver o "Almas Gemeas" é isso??

 

 

Ah velho, "Senhor dos Aneis" é uma produção tão grande que da para falar dele por 10 anos ainda.

 

Talvez em 2019 eu fale bem do cara.

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

  1. LARANJA MECÂNICA: ****/****
  2. 2001 - UMA ODISSEIA NO ESPAÇO: ****/****
  3. DE OLHOS BEM FECHADOS: ***/**** [novo]
  4. DR. FANTÁSTICO: ***/****

  5. GLÓRIA FEITA DE SANGUE: ***/**** [novo]
  6. NASCIDO PARA MATAR: ***/****
  7. O ILUMINADO: ***/****
  8. SPARTACUS: ***/****

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Os filmes do Kubrick já me agradaram bem mais. Ainda adoro O Iluminado, coisa de top 5 de todos os tempos, e De Olhos Bem Fechados não fica muito atrás... Mas outros, como Laranja Mecânica e 2001... sei lá, despencaram. Nada de muito errado com eles, ou que eu possa indicar "putz, baita defeito isso aqui", é que atualmente eles tão indo meio contra com minha preferência quanto ao cinema.

 

mais ou menos assim, metaforicamente os filmes são perfeitos, possuem uma irônia e charme que fica impossível desgostar (e realmente não desgosto), a elegância dele em criar cenas e cenários continua lá, são visualmente fantásticos e etc... mas putz, toda cena criada parece ser totalmente impessoal, não sobra espaço pra tentativa de um vinculo mais subjetivo, é como em 2001: a caneta jogada pra cima, significa tal coisa; daí muda pra outra cena: os homens diante do monolito, incapazes de entender algo, siginifica isso... ou laranja mecânica: o alex recebendo comida na boca do politico, significa aquilo... enfim, por aí. não existe espaço pra uma interpretação muito pessoal, parece tudo um pouco mecânico. Não que isso seja necessariamente um problema (e que não seja proposital), é uma forma de se filmar, de se transmitir e etc, mas é algo que fez eu me afastar um pouco.

 

É mais ou menos como se legendassem cada cena, que ao em vez de transmitirem sentimentos, transmitissem conceitos, ou algo assim (não sei se conceito é bem a palavra), mas enfim. Sei lá, O Iluminado e De Olhos Bem Fechados ainda continuam comigo muito forte, mas esses empalideceram um pouco.

 

 

mas dr. fantástico e barry lyndon gostaria de rever.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Já eu vejo um Kubrick completamente imerso e presente em seus filmes, através de marcas, e entendo o que você quer dizer; todas as cenas de seus filmes são artisticamente constrúidas sob um conceito, seja este meramente estético ou, quase sempre, teórico amparado em algo complexo e maior. Nesse sentido são impessoais, sim. Mas nunca vi - o Paul Thomas Anderson, acho, se aproxima dele na ambição e certa "impessoalidade" ao reproduzir e fazer filmes milimetricamente pensados, construídos e profundos, mas ainda é jovem - um diretor parecido e repleto de possibilidades e de capacidade para fazer filmes totalmente diferentes uns dos outros, onde tudo, absolutamente tudo, vai bem; da trilha, as roupas, passando pela fotografia, ROTEIRO, sempre adaptações. Se existe um "fraco" nos filmes dele - quando digo fraco é comparado a imensidão qualitativa dos outros segmentos - é o elenco, que fica, muitas vezes, no segundo plano, mesmo, diante de tamanha parafernália inédita erguida por todos esses elementos cuidadosamente colocados. Eu acho intocável a carreira dele, e como disse o Scorsese, um filme dele vale por dez de outro, bom, diretor. É outro nível de experiência seus filmes, de incitação e de questionamento, e por isso, acho, se tornam difíceis de se ver e se gostar de imediato, por serem diferentes de todos os outros, dessa "maneira acostumada" nossa de se ver os filmes. Sou fã incondicional, meu diretor favorito.

Share this post


Link to post
Share on other sites

O Iluminado 5/5

De Olhos Bem Fechados 5/5

Laranja Mecânica 4/5

2001 - Uma Odisséia no Espaço 3/5

Dr. Fantástico 1/5

 

Preciso rever Nascido Para Matar, e semana que vem vou tentar assistir Lolita e Spartacus.
Angelo Voorhees2009-07-15 02:48:57

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

 

 

 

Os filmes do Kubrick já me agradaram bem mais. Ainda adoro O Iluminado' date=' coisa de top 5 de todos os tempos, e De Olhos Bem Fechados não fica muito atrás... Mas outros, como Laranja Mecânica e 2001... sei lá, despencaram. Nada de muito errado com eles, ou que eu possa indicar "putz, baita defeito isso aqui", é que atualmente eles tão indo meio contra com minha preferência quanto ao cinema.

 

mais ou menos assim, metaforicamente os filmes são perfeitos, possuem uma irônia e charme que fica impossível desgostar (e realmente não desgosto), a elegância dele em criar cenas e cenários continua lá, são visualmente fantásticos e etc... mas putz, toda cena criada parece ser totalmente impessoal, não sobra espaço pra tentativa de um vinculo mais subjetivo, é como em 2001: a caneta jogada pra cima, significa tal coisa; daí muda pra outra cena: os homens diante do monolito, incapazes de entender algo, siginifica isso... ou laranja mecânica: o alex recebendo comida na boca do politico, significa aquilo... enfim, por aí. não existe espaço pra uma interpretação muito pessoal, parece tudo um pouco mecânico. Não que isso seja necessariamente um problema (e que não seja proposital), é uma forma de se filmar, de se transmitir e etc, mas é algo que fez eu me afastar um pouco.

 

É mais ou menos como se legendassem cada cena, que ao em vez de transmitirem sentimentos, transmitissem conceitos, ou algo assim (não sei se conceito é bem a palavra), mas enfim. Sei lá, O Iluminado e De Olhos Bem Fechados ainda continuam comigo muito forte, mas esses empalideceram um pouco.

 

 

mas dr. fantástico e barry lyndon gostaria de rever.
[/quote']

 

Primeiro deixa eu escancarar o quanto é bom ler um post como esse. Eu concordar ou não é o de menos, pois ele me parece tão claro e direto ao ponto e tão afim de compartilhar algo que dá até gosto, de verdade. Valeu mesmo, Tensor.

 

Segundo que aí está um post que poderia ter sido escrito por mim. Cerca de dois ou três anos atrás. Mas ainda assim de minha autoria, porque houve uma época em que eu também meio que entrei em crise com o cinema do Kubrick - algo que só consegui resolver com o tempo, depois de sentir seus filmes na pele outra vez.

 

Hoje, tenho comigo a clareza e a satisfação de que eu, segundo os meus próprios critérios, não consigo deixar de celebrar toda a grandiosidade artística de filmes como 2001- uma odisséia no espaço (um dos dez de todos os tempos, sem favor algum), Barry lyndon e De olhos bem fechados. Do restante eu gosto até que bastante, mas nada que se compare a algum desses três.

 

 

 

Gago2009-07-15 00:50:51

Share this post


Link to post
Share on other sites
Os filmes do Kubrick já me agradaram bem mais. Ainda adoro O Iluminado' date=' coisa de top 5 de todos os tempos, e De Olhos Bem Fechados não fica muito atrás... Mas outros, como Laranja Mecânica e 2001... sei lá, despencaram. Nada de muito errado com eles, ou que eu possa indicar "putz, baita defeito isso aqui", é que atualmente eles tão indo meio contra com minha preferência quanto ao cinema.

 

mais ou menos assim, metaforicamente os filmes são perfeitos, possuem uma irônia e charme que fica impossível desgostar (e realmente não desgosto), a elegância dele em criar cenas e cenários continua lá, são visualmente fantásticos e etc... mas putz, toda cena criada parece ser totalmente impessoal, não sobra espaço pra tentativa de um vinculo mais subjetivo, é como em 2001: a caneta jogada pra cima, significa tal coisa; daí muda pra outra cena: os homens diante do monolito, incapazes de entender algo, siginifica isso... ou laranja mecânica: o alex recebendo comida na boca do politico, significa aquilo... enfim, por aí. não existe espaço pra uma interpretação muito pessoal, parece tudo um pouco mecânico. Não que isso seja necessariamente um problema (e que não seja proposital), é uma forma de se filmar, de se transmitir e etc, mas é algo que fez eu me afastar um pouco.

 

É mais ou menos como se legendassem cada cena, que ao em vez de transmitirem sentimentos, transmitissem conceitos, ou algo assim (não sei se conceito é bem a palavra), mas enfim. Sei lá, O Iluminado e De Olhos Bem Fechados ainda continuam comigo muito forte, mas esses empalideceram um pouco.

 

 

mas dr. fantástico e barry lyndon gostaria de rever.
[/quote']

Primeiro deixa eu escancarar o quanto é bom ler um post como esse. Eu concordar ou não é o de menos, pois ele me parece tão claro e direto ao ponto e tão afim de compartilhar algo que dá até gosto, de verdade. Valeu mesmo, Tensor.

Segundo que aí está um post que poderia ter sido escrito por mim. Cerca de dois ou três anos atrás. Mas ainda assim de minha autoria, porque houve uma época em que eu também meio que entrei em crise com o cinema do Kubrick - algo que só consegui resolver com o tempo, depois de sentir seus filmes na pele outra vez.

Hoje, tenho comigo a clareza e a satisfação de que eu, segundo os meus próprios critérios, não consigo deixar de celebrar toda a grandiosidade artística de filmes como 2001- uma odisséia no espaço (um dos dez de todos os tempos, sem favor algum), Barry lyndon e De olhos bem fechados. Do restante eu gosto até que bastante, mas nada que se compare a algum desses três.

 

Isso é normal com caras que geralmente servem de porta de entrada quando ainda se é aspirante a cinéfilo, como Kubrick, Taranta, Bergman... Laranja ou Pulp ou O Sétimo Selo causam uma primeira impressão muito forte, por exemplo, mas como seria muito improvável que todos tivessem os mesmos filmes de cada diretor como seus favoritos, aos poucos vamos vendo os demais, os obscuros, redescobrindo outros, e encontrando finalmente os nossos melhores. Mesmo caso com os diretores; é muito difícil que com o passar do tempo não acabemos encontrando caras superiores ao Kubrick (o Carpenter ou o De Palma, pra ficar nos americanos da mesma época). Vamos moldando filmes ao nosso gosto e vice-versa num processo cíclico, e conforme assistimos coisas é fatal que nossas famigeradas listas mudem, que filmes dos quais não gostávamos antes passem a nos agradar agora, e o contrário. Isso porque cada filme que se assiste possui um efeito de construção e desconstrução da nossa visão sobre o cinema, e portanto acaba tendo influência sobre todos os filmes que já vimos na vida, e sobre os que ainda veremos.

 

Do Kubrick, De Olhos hoje é o top 1.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Visto Barry Lyndon.

  1. 2001: Uma Odisséia no Espaço = 10,0
  2. Dr. Fantástico = 9,5
  3. Laranja Mecânica = 9,5
  4. Barry Lyndon = 9,5
  5. O Iluminado = 9,0

  6. Nascido para Matar = 9,0
  7. Glória Feita de Sangue = 9,0
  8. Spartacus = 9,0
Sei que não é permitido pelo fórum, mas não precisam dar informações mais detalhadas: alguém sabe se pelo menos existe o Fear and Desire para download (torrent, etc.)?

 

Share this post


Link to post
Share on other sites

 

 

2001 só vale pelos efeitos na época, além de ser um filme morto, perde cada vez mais a graça.

 

Dr. Fantástico, opa, esse é ours concurs.

 

Laranja Mecânica, o choque que dava sumiu, talvez pq vivemos em um épocas bem mais violentas.

 

Barry Lyndon como 2001, é um filme morto e que só vale pela fotografia.

 

O Iluminado, esse continua ótimo, talvez pelo seu realismo, pois dar a doida em um pai de familia e matar a familia é muito comum é só ver o jornal.

 

Nascido Para Matar, muito bom, pena que termina no meio do filme.

 

Glória feita de sangue, nunca vi.

 

Spartacus, pipocão horroroso.

 

Obama2009-08-11 14:07:55

Share this post


Link to post
Share on other sites

É, definitivamente esse Obama é fake. Resta saber quem é o desocupado por trás. 06

 

Dr. Fantástico revisto e (pra mim) continua o melhor junto com Laranja Mecânica. Não tinha percebido a ironia do "acasalamento" bélico durante os créditos iniciais.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×