Jump to content
Forum Cinema em Cena

Você Faria Sua Própria Justiça?


Ana
 Share

Você teria coragem de fazer "Justiça" com as próprias mãos?  

14 members have voted

  1. 1. Você teria coragem de fazer "Justiça" com as próprias mãos?

    • Sim.
      9
    • Não.
      7


Recommended Posts

 

De repente começa todo mundo  a tomar p/ si a função que cabe a polícia/Justiça. 

 

Seria ruim se todos começassem a se armar (o que já acontece).

  Nos transformaríamos (quase) todos em potenciais bandidos, pq vingança não é uma justificativa p/ o crime.

 

 Qto a justiça divina, acho melhor. Pode parecer patético e pouco consolador, mas não é.

 Dar uns tiros nuns caras não reverteria o acontecido e nemtão pouco seria um anestésico p/ a dor da perda e nem p/ a revolta.
[/quote']

 

Você realmente acha que polícia e justiça fazem suas funções? E além do mais, ficar preso 10, 15, ou 20 (sei lá) anos por ter estuprado e assasinado minha família inteira (por exemplo) é um luxo que dariam ao desgraçado.

 

E eu estou pouco me lixando pro que iriam achar de mim, contanto que todos os outros estivessem pagando pelo que fizeram. Sou bandido, maníaco, psicopata, etc? Terceira lei de Newton.

 

Vingança é mais do que motivo para crime.

 

E realmente, dar uns tiros nos caras não reverteria o acontecido nem seria um remédio. Mas é justo, se o caso for esse. Se o caso for estupro seguido de asfixia, seria justo o mesmo. E por aí vai.

 

E me desculpe, mas Deus também não vai trazer de volta quem eu perdi. E nem será um "anestésico". E, no meu caso, não deixaria isso, assim.

 

Link to comment
Share on other sites

  • Replies 125
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Acho q essa matéria tem mais "cara" com a sua enquete Ana:03

 

Mãe que vingou filho violentado é absolvida em São Carlos

Os jurados entenderam que ela agiu em legítima defesa da honra do filho

 Após cerca de nove horas de julgamento' date=' a dona de casa Maria do Carmo Ghislotti, de 31 anos, acusada de matar um adolescente de 15 anos que teria violentado sexualmente seu filho de 3 anos, em fevereiro deste ano, foi absolvida nesta terça-feira, 14, em São Carlos, na região de Ribeirão Preto. Os jurados entenderam que ela agiu em legítima defesa da honra do filho. O promotor Marcelo Mizuno pode recorrer da sentença ao Tribunal de Justiça de São Paulo.

O advogado de defesa, Helder Clay Biz, disse que sua atuação usou como tese o artigo 25 do Código Penal, ou seja, a legítima defesa da honra de terceiro. Sete jurados analisaram os vários quesitos e a absolvição ocorreu pela maioria. Maria do Carmo já estava em liberdade provisória, desde 17 de fevereiro, concedida pela Justiça. Agora ela retorna à sua rotina normal, sem problemas com a Justiça.

Em 7 de fevereiro, Maria do Carmo usou uma faca, que teria encontrado na própria Delegacia da Defesa da Mulher (DDM), segundo a sua versão, para matar o vizinho adolescente Robson Xavier Francelino de Andrade, de 15 anos. Andrade foi flagrado pelo pai do menino, violentando-o sexualmente, num bambuzal, perto de casa, no distrito de Santa Eudóxia (zona rural).

A polícia foi acionada e enquanto a criança era levada para fazer o exame de corpo de delito no Pronto-Socorro, Maria do Carmo cometeu o crime, desferindo um golpe de faca no pescoço de Andrade, que morreu no local. A mulher foi presa em flagrante e o promotor a denunciou por homicídio qualificado. A acusação defendia a tese de que Maria do Carmo dificultou a defesa da vítima.

Fonte: Estadão

 

--------------------------------------------------------

MP pede novo júri para mãe que matou agressor em São Carlos

São Carlos - O Ministério Público (MP) de São Carlos recorreu da decisão da Justiça que absolveu no mês passado Maria do Carmo Ghislotti, de 32 anos, que matou um adolescente de 15 anos acusado de ter violentado seu filho de três anos.

A Promotoria quer um novo júri popular. Diz que as alegações apresentadas pela defesa não estavam de acordo com as provas do crime. Robson Xavier de Andrade foi morto dentro da delegacia, em fevereiro deste ano com uma facada. A reportagem não conseguiu ouvir ontem o promotor Marcelo Mizuno.

Por cinco votos a dois, a defesa alegou que Maria do Carmo matou para defender a honra do filho. Arlindo Basilio, advogado de Maria do Carmo, conta que ainda não foi notificado oficialmente sobre o recurso, mas assim que ocorrer reapresentará a defesa.

“Daqui a uns dois anos sai o resultado se terá novo júri ou se a Justiça acatará resposta da defesa”, avalia Basilio. Uma vizinha de Maria do Carmo, que preferiu não se identificar, conta que após ser absolvida ela foi ameaçada e mudou de bairro.

  Fonte: Jornal da Cidade de Bauru
[/quote']

 

 

 

 

Putz!!!! Caso típico do "Ratinho" 0614. A dor dessa mãe deve ter sido muito grande, quem sou eu para falar o que ela deveria fazer, só acho que se fosse comigo eu não mataria o agressor, até por que acho que ia ter medo, no máximo, faria o mesmo com ele.
Link to comment
Share on other sites

Claro' date=' todo mudno tem direitod e defender sua integridade fisica e honra. A vinganca nos remete ao bom e velho Hamurabi, mas ela e apenas eficaz no calor da discussao, qdo o sangue ferve. Depois (na hora q vai em cana mofar no xilindro) td mundo se arrepende, da mesma forma q o criminoso.[/quote']

 

depende do criminoso18
Link to comment
Share on other sites

Claro' date=' todo mudno tem direitod e defender sua integridade fisica e honra. A vinganca nos remete ao bom e velho Hamurabi, mas ela e apenas eficaz no calor da discussao, qdo o sangue ferve. Depois (na hora q vai em cana mofar no xilindro) td mundo se arrepende, da mesma forma q o criminoso.[/quote']

 

depende do criminoso18

 

na hora q vc vira mocinha na cadeia TODO mundo se arrepende do q fez..
Link to comment
Share on other sites

Claro' date=' todo mudno tem direitod e defender sua integridade fisica e honra. A vinganca nos remete ao bom e velho Hamurabi, mas ela e apenas eficaz no calor da discussao, qdo o sangue ferve. Depois (na hora q vai em cana mofar no xilindro) td mundo se arrepende, da mesma forma q o criminoso.[/quote']

 

depende do criminoso18

 

na hora q vc vira mocinha na cadeia TODO mundo se arrepende do q fez..

 

mas é oq eu to falano, o car q naum se arrepende é mau desda alma mas matar uns 20 ande encostarem no rabo dele se é q vao encostar
Link to comment
Share on other sites

 Concordo. P/ uns bandidos pegarem numa arma e matar, estrupar, queimar, tanto faz.

 

  Eles já atravesaram a linha da sanidade, foram onde uma pessoa "normal" não iria, fazem o que uma pessoa "normal" não faria.

 

 Quero dizer, que eles não precisam da raiva e da indignação como combustível para apertar o gatilho, como "nós", que só revidaríamos se tivessemos alguém de quem gostamos atingido.
Link to comment
Share on other sites

Justiça pelas próprias mãos? É difícil responder a uma indagação destas sem ter passado por alguma experiência traumática que justifique partir para a ignorância e dar o troco aos detratores. Em tese eu sou contra e nunca enfrentei uma situação destas, graças à Deus.

 

Diria que se, estando jundo com a minha família, e ela fossse vítima de alguma violência ou ato desumano, evidente que faria tudo para protegê-la e provavelmente usaria de violência para isso. Mas agiria mais por impulso e instinto de sobrevivência minha e deles.

 

Agora por vingança ou de caso pensado depois do ocorrido não conseguiria certamente. Não tenho instintos desta natureza e minha personalidade é mais para uma pessoa do diálogo do que de violência. Mas isto tudo é muito relativo e na teoria a prática, como se sabe, é bem outra.

 

 
Link to comment
Share on other sites

Sim.

 

"Nao faça com o próximo o que não quer que façam com você."

 

Senti um pouquinho de contradição na sua resposta...03

é totalmente contraditório...06 quando li achei q ele tivesse digitado "não"...06

 

Não é contraditório, vocês que estão interpretando de forma errada. Na citação, ele fica no lugar do "próximo", enquanto o bandido/estrupador/assino fica no lugar do "você".

 

Ou seja, é bem coerente a resposta afirmativa. Se uma pessoa não quer ser torturada até a morte por ele, que não torture sua irmã, mãe, pai, ou seja lá quem for (que seja querido ou importante para ele).

 

Link to comment
Share on other sites

Não tenho resposta... o meu lado civilizado me diz que o cara terá o que merece... meu lado 'não-tenho-sangue-de-barata' me diz que o filho da mãe precisa ser estuprado por 10 caras HIV positivo...

 

Enfim, posso dizer agora que jamais faria justiça com as próprias mãos... Mas na hora, não tem como... vc perde o controle, então eu não duvido que eu trucidaria o infeliz se pudesse.

 

Ah, sim... li no jornal que estavam querendo linchar os suspeitos do lance de Bragança... Bom, se foram eles mesmos, eu ajudaria e colocá-los na rua para que a população 'desse um jeito'... Ontem o menino que estava no carro faleceu... qual será a tese de defesa desses animais?
Link to comment
Share on other sites

 

Como disse' date=' não estou nem aí para o que dizem/acham de mim ou do que sou ou não capaz de fazer.

 

Afinal, isso aqui é internet e ninguém faz idéia de com quem está trocando posts, hun?[/quote']

 

 

É mesmo, você pode ser um psciopata16060606[/quote']

Tá vendo? Por que você acha que Senhor Vingança, Oldboy, Lady Vingança e Kill Bill são meus filmes preferidos?

 

hehe.

Kakashi2006-12-13 19:30:59
Link to comment
Share on other sites

É... Mas estamos deixando de lado um fator essencial da "Justiça" com as próprias mãos...

 

 

Quem nós garante que conseguiremos ter esta Justiça?? E se resolvermos acertar as contas e nos tornamos mais uma vítima?Niguém garantirá nossa segurança.Nós não temos armas e nem somos o Chuck Norris, se um bandido queima uma família e porque ele teve recusos para isso. Mesmo se tivessemos armas, nos não saberiamos usa-las corretamente, a arma poderia travar, poderiamos errar a mira, ela poderia cair da nossa mão com a explosão do tiro. São fatores que bandido já estão preparados e nós não.

 

Vamos supor, o cara que matou seu irmão mora na favela. Você teria que subir o morro, com uma arma, achar o cara, atira nele e fugir sem ser visto. Meio difícil né?? Isso, claro, se você conseguir tirar a arma primeiro, geralmente esses bandidos sempre estão com a arma em punho.

 

 

Agora quero só falar uma coisa sobre caso do menino que foi assassinado por uma mãe por que abusou de uma crianaça. Não podemos colocar ele ao lado desse bandidos que queimaram o carro. Repito, penso que que não era para tanto (assassinar o menino), afinal, ele tambem era uma criança, e, não acho que ele tenha abusado do amigo dele por pura maldade. Portanto não podemos compara-lo com esse outros criminosos.
Link to comment
Share on other sites

Eu acho que o negócio de justiça com as próprias mãos é como eu falei: "vingança é um prato que se come frio". Se você realmente quer fazer aquilo, sem ser no calor do momento, consciente do que está prestes a fazer, buscará fazer uma coisa bem feita, com planejamento e tudo.

 

Estou só dizendo o que penso: o grande ponto aqui é não ser afobado. Se um cara que matou meu irmão mora na favela, eu não vou lá a menos que eu tenha certeza que eu consiga cumprir meu objetivo. Como você mesmo disse, é uma tarefa difícil. Mas um dia ele sairá de lá, é preciso paciência, essas coisas.

 

Quando toco nesse assunto, penso assim, com toda uma preparação para o evento, e não apenas um ato motivado por um impulso - aconteceu e você vai lá e pronto, resolve toda a situação na hora. Não, isso seria um erro, aparentemente.

 

Mas isso varia de pessoa para pessoa. Algumas conseguem ter sangue frio, outras não. E etc.

 

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...