Jump to content
Forum Cinema em Cena

Cinéfilos


Recommended Posts

cineteasermd7.jpg

By Sith

 

Vamos começar mais uma nova atração aqui no fórum CeC:

 

O Cinéfilo II.

 

Quem acompanhou a edição do ano passado, sabe do que se trata. Quem não viu, pode saber mais conferindo esse tópico:

 

Mas antes de começar esse nova edição, temos que escolher os 10 candidatos que vão disputar o cargo de novo Cinéfilo do fórum.

 

Depois de analisar várias formas, resolvemos adotar uma fórmula simples que está dando certo na TV, que é a apresentação de candidatos perante um juri especializado (a foto acima espelha de que programa estamos falando). Nada mais justo já que cada um pode tentar vender seu peixe, e assim o juri decidir se este vai ou não participar da nova edição do Cinéfilo. Tête-à-tête. Cara a cara. E à essa fase inicial nomeamos de...

 

Cinéfilos

 

Sua chance de brilhar... no fórum!

 

Já enviei uma MP contando as instruções iniciais para vários usuários, alguns se inscreveram voluntariamente (Obrigado), outros foram convidados sob sugestão da equipe técnica do programa. Mas quem não recebeu a MP, esse tópico é justamente para isso: Se inscrever! Todos podem participar. E quem já recebeu a MP, este tópico será para tirar dúvidas e dar sugestões para um desenvolvimento melhor do programa. 

 

Para o simples telespectador, vale dizer que a 1º etapa de Cinéfilos, consiste em escrever um texto sobre algo relacionado a cinema. Pode ser uma crítica/análise de um filme; uma redação sobre um diretor/ator/atriz, ou um texto falando de um década, ou um gênero cinematográfico. Enfim. O tema é livre, desde que esteja ligado a Cinema (claro!).

 

Depois da entrega desses textos para mim, vamos marcar uma entrevista para cada candidato se apresentar perante o juri. Lá, o juri vai indagá-lo não só sobre o texto que escreveu, mas sobre seus conhecimentos cinematográticos em geral. Serão várias entrevistas onde só juri, candidato e um apresentador, especialmente convidado, e que gentilmente aceitou participar: Moviolavideo vão participar. As entrevistas serão executadas via MSN, mas logo depois postadas aqui juntamente com os textos dos candidatos. Tudo poderá ser acompanhado aqui no tópico no decorrer do programa.

 

Bem, já falei demais. Acho que já deu para saber, mais ou menos, como vai ser essa fase classificatória. Qualquer dúvida, o tópico está aqui para isso.

 

Ah! Antes que perguntem: Sim, vão ser 4 jurados (o logo acima entrega isso), mas ainda não terão seu nomes divulgados. Mas pelas fotos na imagem, podemos esperar muita coisa boa! Sim, essa etapa vai ser muito boa! Não deixem de participar! Cinéfilos está no ar!

 

Grato pela atenção,

Jailcante2007-04-04 22:07:31
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 957
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

04/04/07.

 

Start! 05

 

Bom pessoal,é como o Jail bem disse no post de abertura: Inicia-se aqui a 2ª edição de O Cinéfilo,tópico indicado a Melhor Tópico no 4º Pablito de Ouro,e vencedor da categoria "Tv CeC".Começa aqui uma longa,trabalhosa,porém muito prazeroza e interessante jornada rumo a um único objetivo: Revelar um novo Forastei...Ops...Revelar um novo Cinéfilo para o fórum Cinema em Cena! Será possível se fabricar um cinéfilo em 7 semanas mais uma vez? Esta é a pergunta...Veremos.

 

Boa sorte à todos os que estão inscritos ou que vierem a se inscrever,e muito obrigado a toda a equipe que me apoia nessa idéia já há 1 ano,e nos que passaram a apoiar,apartir desta 2ª edição.

 

Todos querem ser cinéfilos,mas só 1 será O CINÉFILO! 16
Enxak2007-04-04 23:00:44
Link to comment
Share on other sites

As informações que posso passar agora são:

 

O Bilhete Dourado foi enviado à 33 pessoas. 3 delas não puderam aceitar. e 2 já enviaram os textos, que já cairam na análise do juri. Mas esse número não está fechado. Quem quiser se inscrever, pode (me manda uma MP).

 

O prazo para enviar os textos é até dia 11/04 (próxima 4ª feira), depois disso começarei a agendar as entrevistas com os jurados.

 

Bem, é isso.
Link to comment
Share on other sites

Enquanto estamos ainda nessa fase Pre-Pre-seleção,que tal uma breve retrospectiva do que foi O Cinéfilo,o tópico que dentro de algumas semanas,ganhará sua 2ª edição?

 

 

 

PLOT: CRIAMOS UM CINÉFILO!?

 

cinefilocec9ai.jpg

Forasteiro consagrou-se campeão,dentre os oito candidatos,na 1ª edição de O Cinéfilo.

 

 

O fórum Cinema em Cena acabava de passar pela frustração de ter seu 2º "reallity show" cancelado,por falta de harmonia entre seus realizadores.A "Casa dos Artistas CeC  2",que teve sua 1ª edição no final de 2005,com absoluto êxito (foi o tópico que inaugurou o "flood legalizado" neste fórum,estimulando meses depois a criação do tópico "A Casa da Mãe Joana",que hoje é um sub-fórum),foi um retumbante fracasso em sua segunda edição,em maio de 2006.

 

Algumas semanas depois,baixada a poeira,eis que surge uma nova idéia para reallity show no fórum: Elaborar algo próximo à idéia do game "O Aprendiz",em que pessoas disputam uma vaga de emprego como executivo em uma empresa.Moldando essa idéia à realidade do fórum,surgiu "O Cinéfilo",um jogo em que oito usuários comuns do fórum,daqueles não muito conhecidos e com pouco crédito diante dos veteranos,teriam a oportunidade de mostrarem algum valor,de se destacarem.

 

A idéia era "fabricar cinéfilos",como estava descrito no slogan do game (vide gif,logo abaixo),mas o que acabou mesmo acontecendo foi uma contemplação de talentos rústicos,pedindo para serem lapidados,a revelação de talentos resguardados,uma surpresa até mesmo para alguns destes participantes,que viram-se,de repente,agraciados com o brilho da grandeza que possuíam.Esse é o caso,por exemplo,do Forasteiro,o grande vencedor desta jornada.

 

 

img181/9404/assinaturacinefilocq6.gif
Slogan do jogo,exposto nesta assinatura confeccionada pelo Sith,responsável também pela parte gráfica da 2ª edição de O Cinéfilo.

 

 

Mesclando provas em que a dissertação e poder argumentativo dos participantes era analisada com outras em que o conhecimento deles era colocado à prova,o jogo foi tomando seu caminho,e em pouco mais de 7 semanas (apesar da exatidão do slogan,o jogo acabou durando 10 semanas - de 19/06 a 26/08 de 2006),depois de uma longa e emocionante jornada,tivemos o Forasteiro,antes conhecido principalmente como um mero flooder e frequentador assíduo de tópicos tolos como "O Colégio do Buraco Negro",como o vencedor do jogo.

 

Confira abaixo a crítica escrita por ele,para o filme "Taxi Driver",para uma das provas de "O Cinéfilo",que acabou lhe rendendo o prêmio "Orgulho do Pablo",no 4º Pablito de Ouro,no final de 2006:

 

 

Taxi Driver – Martin Scorsese<?:NAMESPACE PREFIX = O />

<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" /><?:NAMESPACE PREFIX = O />

 

Taxi Driver foi um estopim, em todos os sentidos. Lançou às estrelas o diretor Martin Scorsese e os atores Robert DeNiro e Jodie Foster. Explodiu com o orgulho ianque por sua falsa glamourosa noite nova-iorquina. Levou abaixo os alicerces do falso moralismo americano ao mostrar uma prostituta de 12 anos, e heroicizar um assassino.

 

A estória gira em torno da insanidade e gradativa demência de Travis Bickle (DeNiro), um solitário veterano do Vietnã que vê na profissão de taxista uma fuga para a insônia que o atormenta. Fazendo jornada dupla de trabalho, ele vê e sente na noite de Nova Iorque toda a escória, “os animais”, como diria. Fala que um dia ainda cairá uma chuva que limpará as ruas. Neste meio tempo se apaixona por Betsy (Cybill Shepherd) e conhece Íris (Jodie Foster), uma prostituta de 12 anos e meio que acaba o revoltando por completo.

 

O elenco, aliás, é ponto fortíssimo do filme. Começando, obviamente, pela atuação absolutamente brilhante de Robert DeNiro. Fora a óbvia cena clássica do espelho, “are you talking to me?!”, Travis tem em seus longos silêncios um ar de superioridade para com o ambiente no qual está. É profundo, especialmente porque não se sabe ao certo o que aconteceu anos antes no Vietnã. A narração em off é extremamente reveladora quanto à personalidade de Travis, e nela também residem frases marcantes sobre o seu nojo perante à escória, fora as longas pausas nas quais se supõe Travis escrevendo em seu “diário”. Os demais coadjuvantes tornam-se meros peões frente à interpretação de DeNiro, mas merecem reconhecimento. Jodie Foster surge como um talento precoce, percebido nitidamente pela cena da lanchonete na qual Íris conta um pouco de sua história a Travis. Aliás, o fato de Sport dizer que Íris tem 12 anos E MEIO evidencia sua infantilidade. As frações de nossas idades só são mencionadas quando fazem diferença, ou seja, quando somos crianças. Cybill Shepherd não consegue destaque, devido à sua personagem que na verdade acaba pouco representando até mesmo para o próprio Travis, conforme este vai se transformando. Betsy funciona como um termômetro da alienação de Travis. Hervey Keitel passaria despercebido como o meramente convincente cafetão Sport, no entanto, há a cena de uma dança com Jodie Foster que acaba exaltando seu talento, e confundindo maravilhosamente o espectador.

 

Na verdade, esta cena é tão bonita e simbólica que sua importância lhe garante um parágrafo próprio. Imaginando o inferno no qual a menina vive, o espectador é mergulhado em uma aterradora surpresa. Íris é dependente de Sport, sentindo sua falta. Sport, seu cafetão, põe uma música lenta e dança abraçado a Íris. O modo como à toca nos confunde e nos desafia a ver aquela menina como sua mulher. A impressão nítida que se tem, o que é mais brilhante, é a de que Íris é filha de Sport. O carinho dele para com ela, e a segurança que ela aparenta sentir nos braços daquele a quem demonstra amor, jogam o espectador a extremos diferentes.

 

Taxi Driver é um filme sobre a relação da violência com um cara que “não agüenta mais”, e sente-se no dever de fazer alguma coisa. Travis Bickle nada mais é que o retrato frio de uma sociedade congelada pela banalização, pela passividade, mas que ao contrário desta, evolui para sua redenção. Mostrar que só um homem como Travis, alienado, sem nenhuma meta e com traumas de guerra, que lhe causam uma interminável insônia, pudesse se rebelar com a violência que o envolvia é uma crítica pesada ao perfeccionismo faz de conta do “way of life”. Aliás, o estereótipo do ex-combatente traumatizado pelos horrores da guerra é usado de maneira excepcional por Scorsese. Ele apenas evidencia a imagem de desequilibrado, de inválido, alucinado. Tudo contribui para o seguinte paradoxo: Travis é idealizado como a lucidez em um mundo perdido. Ele está isolado da ignorância do resto de sua sociedade. Apesar de parecer louco, é o único que se sensibiliza com a selva na qual vive. Scorsese coloca a sanidade de personagens comuns em contraste com a loucura de Bickle, a fim de evidenciar que a verdadeira loucura reside na postura passiva adotada pelas “pessoas normais”.

 

O retrato de Travis, desenhado por Scorsese, é da mais absoluta e fascinante solidão. Só pra se ter uma idéia: vivendo uma insônia infernal, ele passa as noites num cinema pornô, até começar a trabalhar como taxista. “Os dias duram uma eternidade”, diz ele, já em completo estado de alienação. Travis também é emblemático por guardar as palavras para si. Como na cena em que conhece Sport, por exemplo, seus longos silêncios podem ser interpretados apenas por suas expressões. Resultado da confiança que Scorsese depositava em Robert DeNiro. Travis não é apenas um ex-fuzileiro lunático, Scorsese o mostra como um grande messias. Aquele que salva a garota de seus exploradores. Aquele que faz algo para, em parte, exterminar a violência. Travis é louco, é demente, é assassino, mas acima de tudo, é um herói.

 

A propósito, a evolução do quadro de demência de Travis é um espetáculo a parte. Suas “fases” são marcadas pelos cortes de cabelo do personagem. Primeiro suficientemente cumprido para que pudesse ser penteado para o lado, quando ainda está passivo, “tendo idéias”, segundo o próprio. Depois com um corte militar, quando, devidamente armado e se esforçando para entrar em forma, faz seu primeiro ato de justiça com as próprias mãos. E finalmente o corte moicano, o “punk”, que aparece como um choque para o espectador momentos antes de iniciar o resultado de toda sua indignação. Até o ritmo “lento” (mas nunca tedioso) do filme te faz saborear a metamorfose com mais precisão. No entanto, o estado de alienação de Travis só é escancarado na tela quando ele leva Betsy a um cinema pornô, no primeiro encontro. Um Travis desajeitado surge desta situação. Um Travis talvez incapaz de viver naquela sociedade, entre as “pessoas normais”. Seu romance com Betsy acaba perdendo a importância para Travis conforme ele vê sua meta com mais clareza, o que acaba mais que confirmado na cena final. Aliás, tudo para Travis perde a importância. Ele tem um foco, um objetivo a atingir e vai dedicar sua vida, tempo e dinheiro a isso.

 

Scorsese trabalha muito habilmente os movimentos de câmera. O término da cena-clímax de Taxi Driver evidencia isso. Como se quisesse nos acalmar após o banho de sangue, a GRUA nos faz levitar sobre os ambientes, até sair do prédio, para que, talvez, possamos refletir sobre o que acabara de acontecer. Que, aliás, é o resultado do brilhantismo cru da violência combatida com violência pelo protagonista Travis Bickle. A frieza de Travis nesta cena, a propósito, apenas demonstra o tamanho desprezo que sentia pela “escória”. Outra cena na qual Scorsese abusa da criatividade é quando Travis tenta se reconciliar com Betsy, pelo telefone. Enquanto Betsy vai dilacerando a esperança de Travis em reconquistá-la, a câmera vai se afastando até mostrar apenas um corredor vazio. Scorsese nos retira do lugar, tamanho o nível de constrangimento atingido. É como se o espectador virasse o rosto, como se ficasse com vergonha do papel que Travis estava fazendo.

 

Quando Taxi Driver acabar, você estará com dor nos olhos, sua camiseta branca vai pro lixo, e sua percepção do que acontece a sua volta terá mudado. Mesmo que queira, talvez não consiga mais assistir ao jornal da mesma forma. Será possível que só um louco como Travis ousaria tentar mudar o que vê? É preciso ser um louco para isso? Será que se é considerado louco apenas por tentar? Ou ainda melhor, este louco não seria você? Pense bem, conseguimos almoçar e jantar normalmente com o jornal na TV ligado. Está lá “Adriano da Silva mata e estupra mais uma menina no Alto Uruguai gaúcho”. A reação de uma pessoa com um mínimo de humanidade e equilíbrio seria vomitar a comida do dia inteiro. O contraste entre a “loucura” de Travis e a nossa loucura alça Taxi Driver ao brilhantismo de uma crítica dura, perfurante, que nos atinge com a mesma intensidade com que nos emociona. Deveria ser revisitado mensalmente, pra te lembrar que você se transformou numa máquina que assiste (nos dois sentidos) a um horror rotineiro enquanto sua maior preocupação é a força que fará para levar o garfo até a boca.

 

Avatar 

Trecho de uma entrevista do Forasteiro para o extinto programa de entrevistas "Pinga Fogo",do Moviolavideo:

 

Moviolavídeo diz:<?:namespace prefix = o ns = "urn:schemas-microsoft-com:office:office" />

Que experiência você adquiriu por ter participado do jogo?

Forasteiro diz:

Toda. Como escrevi na tal monografia final avaliada pelo Pablo, eu sai da caverna, tomei a pílula vermelha, contemplei a aparição do monolito. Cinema era uma coisa, agora é outra. Bem simples.

Moviolavídeo diz:

O que é ser um cinéfilo?

Forasteiro diz:

Ser um apaixonado pelo cinema. Isto é, o público maior admira apenas uma das várias faces do cinema. Não conhece o cinema, e se fosse apaixonado, conseqüentemente procuraria ver o máximo de filmes possível, leria a respeito, enfim. Teria a curiosidade despertada. Conhecer a sétima arte é uma conseqüência, portanto. Uma prova".

 

"O Cinéfilo" deu origem ao "Cineclube em Cena",hoje um sub-fórum muito movimentado e "atolado" de análises cinematográficas sendo postadas à quilo,toda semana,com a batuta do Nacka e,mais recentemente,do Alexei,com a providencial ajuda de vários colaboradores.Sem modéstia alguma - afinal não trago para mim todos os méritos,de forma alguma,foi uma vitória coletiva,o fórum Cinema em Cena pode ser dividido em Pre e Pós "O Cinéfilo".Hoje esse fórum agrupa não apenas discussões acaloradas,ou notas para filmes que a galera assiste e comenta,ou flood,flood,flood...Hoje o Cinema em Cena não é apenas o fórum do Pablo Villaça,o reconhecido crítico mineiro de cinema,mas sim um verdadeiro celeiro de novos e talentosíssimos críticos amadores da internet brasileira.E tudo isso sem deixar de perder a graça,o espírito de camaradagem,o bom humor...O "Plot".01

Enxak2007-04-06 12:42:38
Link to comment
Share on other sites

Ok. Atualizando:

 

33 convidados, 2 textos entregues e 6 desistências.

 

Só quero frisar o que o Jack Ryan já disse: Nessa fase inicial não precisa enteder muito de cinema, o importante é o interesse em aprender.

 

São só duas coisas simples essa fase inicial, um texto sobre qualquer coisa sobre cinema (filme, diretor, ator, década, e etc...), mais a entrevista com os jurados via MSN. Só isso. Sem compromisso.

 

Quem não recebeu o "Bilhete Dourado", mas quer participar, é só falar comigo, ou via MP, ou por aqui mesmo no tópico. Todos podem participar.

 

Para quem já está preparando o texto. Boa Sorte. Estarei esperando.

 

Grato,

Jailcante.
Link to comment
Share on other sites

EXCLUSIVO!!!

 

Direto da Batcaverna...19:

 

 

 

Pára!!! Vcs vão chamar gente que já é calejada? Qual o objetivo? Formar um cinéfilo ou alguém que escreva bem? Se for o primeiro' date=' tirem ****, *****, ******, **********, *** *****...

[/quote']

 

 

 

...Pensei mais no número de candidatos que na qualidade dos mesmos. Enfim...Deixa eles mandarem os textos' date=' e depois eu vejo...Qualquer coisa eu digo: "Você é *** ******, não serve **** * *** *** ******** e etc...".

 

[/quote']

 

 

 

O **** disse uma coisa importante' date='que vcs devem levar em consideração: Não devemos escolher aqueles que escrevem melhor,o nome do jogo não é "O Redator".Tomem cuidado ao selecionarem esse pessoal...

[/quote']

 

Estamos apenas começando...

 

Aguardem.03
Enxak2007-04-05 23:26:05
Link to comment
Share on other sites

Enxak, engraçado que com o número de * ali, dá pra formar o meu nick 06

 

Mas putz, o objetivo do programa é formar Cinéfilos certo? Formar "diamantes" a partir de "pedras preciosas", digamos assim. De que adiantará vocês pegarem uma "brita" qualquer?

Tipo, não estou mandando indiretas a ninguém, nem sei direito quem são os outros candidatos e tal, mas sei que já marcaram alguns candidatos ainda no outro tópico.

 

 

Link to comment
Share on other sites

É isso aí' date=' amiguinhos. Criem coragem, participem! Não se preocupem se vcs acham que não entendem muito de cinema, o que importa é ter interesse em aprender.

Inscrevam-se, vai valer a pena!

[/quote']

 

Só para reforçar o que o Jack Ryan falou. Participem! Garanto que será uma ótima experiência para todos nós, estams nos esforçando para fazer dessa segunda edição um novo marco no fórum...
Link to comment
Share on other sites

 

 

O Plot! do Jack já fez valer as 20 páginas que já li da primeira edição 06

E aos poucos lereis as outras e tal... mas não rolaria um índice pragente não?! Para evitar de perder tempo lendo os floods e etc.

 

Para que a gente construa um índice também teríamos que fazer uma seleção de páginas e textos, já que também não lembramos (muitos de nós nem estavam na primeira edição). Seria legal se vocês mesmos demonstrassem interesse e vasculhassem o tópico, podem encontrar muita coisa boa por lá, mas como não é etapa NECESSÁRIA para participar (mas poderia, sem dúvidas melhorar o desempenho de VOCÊS inscritos), não acho que deveríamos fazer isso por vocês. 19

Mr. Scofield2007-04-08 17:07:01

Link to comment
Share on other sites

 

Não' date=' Pato. Não tem nada a ver. Aconteceu algo lá batcaverna (culpa minha...), mas não é algo para falar agora.[/quote']

 

Ufs, poderei dormir tranqüilo esta noite (ao contrário de você). 06 

 

Putz! Pato, não precisa esfregar na cara. Eu já sei...
Jailcante2007-04-08 23:57:11
Link to comment
Share on other sites

Gente! Somente 7 candidatos me entregaram textos. Agradeço desde já. Esses textos já estão sob olhar atento do juri, que está preparando a entrevista, que agora será via MP, e não mais MSN. Será uma batida de perguntas e respostas, bem interessante.

 

Estou no aguardo de mais textos.

 

Quem quer ser o novo Cinéfilo, tem que passar pelo Cinéfilos!05
Jailcante2007-04-09 18:11:52
Link to comment
Share on other sites

As engrenagens de O Cinéfilo estão rodando a todo vapor, grandes idéias uma atrás da outra. Cada vez mais eu me convenço de que os usuários que tiverem a honra de passar por esse jogo vão ter uma oportunidade única de se desenvolver e se tornar cinéfilos a serem respeitados em qualquer debate de que participem.

 

Vamos lá, pessoal, é com vocês. O primeiro passo é se inscrever e mandar o texto pro Jailcante. Pode ser o vosso passaporte para a glória 03
Link to comment
Share on other sites

 Share

Announcements


×
×
  • Create New...