Jump to content
Forum Cinema em Cena

Presságio (Know1ng , de Alex Proyas)


Jorge Soto
 Share

Recommended Posts

%5bcinema-know1ng.jpg%5d 

 

 

Novo filme do diretor de Cidade das Sombras e Eu Robo, com o canastrao Nicholas Cage, q tem um misto de O Vidente, Codigo pro Inferno e Fim dos Tempos

 

Sinopse

Em 1959, uma professora pediu que os seus alunos desenhassem como eles imaginariam o futuro. Os desenhos foram colocados em cápsulas e mantidos intactos durante 50 anos, até que foram abertos durante um evento em 2009. Entre as imagens, uma criança elaborou uma série de números capazes de revelar desastres históricos como o assassinato de pessoas importantes, enchentes, quedas de avião, entre muitas outras tragédias. Cabe ao professor tentar evitar que uma enorme catástrofe iminente ocorra...

 

trailler

 

site

 

1.jpg

 
Link to comment
Share on other sites

Rose Byrne ao lado de Nicolas Cage -

rosebyrne_01.jpgRose Byrne (Extermínio 2, Sunshine - Alerta Solar) vai dividir a tela com Nicolas Cage na ficção-científica Knowing, novo filme de Alex Proyas.

Segundo o The Hollywood Reporter, a atriz vai interpretar a filha da mulher que enterrou, em 1962, uma cápsula contendo premonições que levam ao fim do mundo. Cage vive um professor que descobre o compartimento e alerta a jovem sobre o achado. Inicialmente cética, ela então começa a se lembrar de estranhos incidentes de sua infância.

Achei a trama interessante e o trailer também, a questão e com Cage pode impedir o inevitável desastre que está preste acontecer

O Proyas e um bom diretor e pode entregar um bom suspense.
Link to comment
Share on other sites

  • 2 months later...

Confira foto e sinopse oficial do thriller - 11/12/2008 17:16

knowing_01.jpg

 

A Summit Entertainment divulgou uma foto de Knowing. O trailer do filme, estrelado por Nicolas Cage, deve chegar aos cinemas no fim de semana, nas sessões de O Dia em que a Terra Parou.

Em 1958, um grupo de estudantes teve que fazer desenhos para uma cerimônia dedicada a uma escola de ensino fundamental. Estes seriam guardados em uma cápsula do tempo. Uma garota então preenche seus papéis com uma série de números aparentemente aleatórios.

Cinquenta anos depois, uma nova geração de estudantes decide examinar o conteúdo da cápsula e as mensagens da garota acabam nas mãos de Caleb. Porém, é o pai dele, o professor Ted Myles (Cage) que passa a desvendar os códigos. Eles indicam com exatidão as datas, números de mortes e as coordenadas dos maiores desastres ocorridos nos últimos 50 anos. Ted descobre que nos papéis estão indicados três eventos que ainda não ocorreram. Um deles prevê uma destruição em massa e envolve, de alguma forma, pai e filho. O professor tenta alertar as autoridades, mas quando não consegue atenção, ele se vê obrigado a prevenir a destruição de alguma forma.

Com a ajuda de Diana Whelan (Rose Byrne) e Abby, filha e neta da falecida garota que fez as profecias, Ted se vê numa corrida contra o tempo, até que ele tem que encarar o desastre final - e o último sacrifício.

O thriller chega aos cinemas americanos em 20 de março de 2009.

knowing_01.jpg

Link to comment
Share on other sites

Novas fotos do filme com Nicolas Cage - 12/12/2008 16:09

Novas fotos de Knowing foram divulgadas pelo site SciFi Wire. O thriller, que tem Nicolas Cage e Rose Byrne no elenco, chega aos cinemas americanos em 20 de março de 2009.

A data de estréia no Brasil ainda não foi definida.

knowing_04.jpg

 

knowing_05.jpg

 

knowing_06.jpg

knowing_03.jpg

 

knowing_07.jpg

 

Tomara que o Cage volta a velha fórmula de fazer bons filmes, já deu muito cabeçada por aí

 
Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...


Nicolas Cage corre em imagens inéditas de Knowing

Por Renato Cozta

06/02/2008

 

Nicolas Cage corre para se recuperar dos últimos fracassos em "Knowing". A frase é uma realidade e uma brincadeira com as fotos inéditas do novo filme do astro. A produção vai ser realmente uma tentativa de colocar o ator novamente na trilha dos sucessos de bilheterias.

 

A trama gira em torno do professor Ted Myles (Cage), que recebe do filho uma carta misteriosa. Ela foi guardada numa cápsula durante cinqüenta anos e contém com uma série de números, supostamente um conjunto criptografado de previsões trágicas para o planeta.

 

Confira a abaixo as três fotos de "Knowing". Esta semana deve surgir mais novidades, já que teremos o início da Comic-Con em Nova Iorque. Dirigido por Alex Proyas (Eu, Robô), o thriller sobrenatural chega aos cinemas em 20 de março de 2009.

 

090205-225220-1-2.jpg

090205-225220-2-2.jpg

090205-225220-3-2.jpgknowing_02.jpg

 

knowing_03.jpg

 

acho que o nome do filme mudou para Presságio
Link to comment
Share on other sites

  • 3 weeks later...
  • 1 month later...

Presságio

Nicolas Cage salva o mundo - de novo - mas sua cabeleira continua imprevisível

09/04/2009

Alex Proyas é mais conhecido pelo seu recente trabalho em Eu, Robô (I, Robot, 2004), mas tem em seu currículo também o cultuado Cidade das Sombras (Dark City, 1998), frequentemente comparado com Matrix (1999). Traduzindo, é fazendo ficção científica que ele se sente confortável o suficiente para jogar suas ideias e criar ambientes. Melhor ainda se puder montar um cenário fora do cotidiano normal em que vivemos.

Por isso, o ambiente bonitinho e perfeitinho dos anos 1950 que vemos no início de Presságio (Knowing, 2009) dura tão pouco. Em questão de minutos descobrimos que a menina que teve a melhor ideia de um concurso na escola é uma freak. Quando ela propôs a criação de uma daquelas cápsulas do tempo em que você "guarda" coisas para serem reabertas no futuro, ela queria na verdade mandar uma mensagem às pessoas que abririam o tubo 50 anos no futuro.

Como você vai aprender com o filme, nada acontece por acaso. E o papel em que ela escreve centenas de números aparentemente sem significado cai nas mãos de Caleb Koestler (Chandler Canterbury), filho do astrofísico John Koestler (Nicolas Cage). Os dois vivem sozinhos a barra de sobreviver à morte da mãe do garoto. Intrigado com aqueles números, o menino tenta desvendar a equação, mas quem consegue decifrar o enigma é seu pai.

Dizer que Nicolas Cage faz o papel de um cara excêntrico e quase um pleonasmo. E Presságio não é excessão à sua carreira de altos e baixos. John descobre que os números são previsões exatas das datas dos maiores acidentes da história da humanidade nos últimos anos - incluindo aí o 11 de Setembro, claro - e que uma nova catástrofe está prestes a acontecer. Terá ele tempo para detê-la? Mais do que isso, terá ele como detê-la?

O filme, que começa assustador, com meninas cabeludas e sem expressão, tem pitadas de drama familiar, ação, aventura e, por fim, mostra-se a ficção científica na qual Proyas é especialista. Para mostrar tudo isso, o cineasta egípcio gasta 121 minutos, que não chegam a cansar devido ao bom ritmo imposto pela trama, os novos personagens que vão se juntanto ao quebra-cabeças, até o desfecho, que foge do lugar comum.

São ótimas as cenas de catástrofes criadas por Proyas e sua equipe técnica, que tiveram boas ideias e, principalmente, souberam colocar tudo em prática. Méritos também à equipe de maquiagem e hair-design, que conseguiu domar a cabeleira do Nicolas Cage, alvo constante de brincadeiras aqui no Omelete. Até acredito que consigam prever os acidentes que vão acontecer no futuro, mas as madeixas do Nicolas Cage continuam imprevisíveis.

Link to comment
Share on other sites

Assisti e é apenas mediano.. mistura Calculo Mortal, Codigo para o Inferno, Armageddon, Fim dos Tempos e Cocoon!? O fim dos tempos atualmetne ta na moda e Cage nao poderia de estar na parada neste filme, literalmente catastrofe! O ruim é q, embora comece interessante, carece de roteiro pq td é um emaranhado de clichês costurados ja vistos nos filmes citados. Bem previsivel, resta apenas o espetaculo visual, de encher os olhos!

Spoiller: Destaque pra destruicao total do planeta Terra (superior ao holocausto de Terminator 2), onde ninguem se salva.. nem mesmo o canastrao Cage, q vc ja quer morto desde a metade do filme!06
Link to comment
Share on other sites

Dei uma olhada ontem, naum é ruim mas tb não é O Filme, vale o ingresso, 7,5 de 10,0. A cena do acidente áereo é foda!!! a melhor em se tratando de aviões q eu já vi!!! e outro detalhe, quando será q o Nicolau Gaiola vai admitir q tá careca e raspar logo a cabeça q nem o Willis? hehehehe. Giordanno2009-04-15 14:40:25

Link to comment
Share on other sites

Achei divertido até a metade, daí pra frente os clichês começam a irritar cada vez mais até chegar naquele final catastrófico. E whisper people?! Credo! 

 

 

SPOILERS: Será que a má reputação do Cages chegou aos cantos mais longínquos do Universo? Pq eu tive a impressão que o ET falou pro garoto: "O seu pai fez O Vidente, Motoqueiro Fantasma, Perigo em Bangkok e O Sacrifício em um espaço de 2 anos, vc acha mesmo que ele merece viver?" 0606
BrnoSoares2009-04-16 21:13:34
Link to comment
Share on other sites

  • 2 weeks later...

 

PRESSÁGIO

por Gabriel Paixão

"Presságio poderia ser o melhor filme do ano até agora não fosse por dois fatores: O primeiro é Nicholas Cage..."

40.jpg

Antes de ver o filme, estava prestes a dizer que a mais nova incursão do diretor grego Alex Proyas no campo da ficção científica, intitulado Knowing, entra numa nova categoria do cinema: grandes cartazes com um grande nome em cima para chamar público. Tal como Mel Gibson para SINAIS, Tom Cruise para GUERRA DOS MUNDOS, Keanu Reeves para O DIA QUE A TERRA PAROU e - porque não - Will Smith duas vezes, com EU SOU A LENDA e EU ROBÔ (este último dirigido por Proyas).

Talvez seja muita maldade da minha parte ao questionar as boas intenções dos produtores de Hollywood, claro, mas penso que não deixo de ter certa razão. Todos os filmes citados acima usam muito mais da popularidade de seu "lead cast", de seus efeitos especiais e de uma suposta lição de vida do que da força do material que possuem.
Se a era de ouro da ficção científica nos anos 50 primava pela estética e criatividade fora do comum, hoje em dia, as produções que aparecem tem o intuito de unicamente engordar os cofres dos grandes estúdios.

Outro motivo pelo qual estava resistente para assistir
PRESSÁGIO (título nacional do filme) tem nome e sobrenome: Nicholas Cage. Amigo infernauta, se Nick mereceu todos os louros de outrora com DESPEDIDA EM LAS VEGAS e CORAÇÃO SELVAGEM, ele merece arder no mármore do inferno por THE WICKER MAN. Caso estejam se perguntando, sim, pra mim foi algo pessoal. E desculpe usar mais estas linhas para colocar esta insatisfação mal-humorada, mas o senhor Nicholas "How did it get burned!" Cage ainda tem muito que se explicar pela cagada que fez em um dos maiores clássicos do cinema de horror.

33.jpg34.jpg


Contudo, pelo respeito que eu tenho por Proyas que entregou um dos meus filmes favoritos, CIDADE DAS SOMBRAS, fui ver PRESSÁGIO. E fiquei pasmo como uma história cheia de potencial e excelentes momentos isolados se transformou num filme medíocre por causa de “detalhes” – mas como diz o provérbio, “o diabo está nos detalhes”. Porém vamos ver um pouco do histórico da produção primeiro.

PRESSÁGIO foi originalmente escrito pelo novelista Ryne Douglas Pearson e o projeto foi para a Columbia Pictures. O intento da Columbia era colocar tanto Rod Lurie (A ÚLTIMA FORTALEZA e MINUTOS EXTREMOS) como Richard Kelly (DONNIE DARKO) como diretores.

Porém houve uma negociação e o projeto passou para a produtora Escape Artists, neste passo o roteiro foi reescrito por Stiles White e Juliet Snowden. O diretor do projeto foi confirmado como Proyas em fevereiro de 2005, que novamente fez adequações no script com a ajuda de Stuart Hazeldine (co-roteirista de
O DIA QUE A TERRA PAROU 2008).

35.jpg36.jpg


Com um orçamento de 50 milhões de dólares, as filmagens começaram no dia 25 de março de 2008 na cidade de Melbourne, Australia, e o filme finalmente ganhou as telas nos Estados Unidos quase um ano depois, em 20 de março de 2009, sendo o líder do fim de semana de lançamento e conseguindo se pagar em menos de um mês. No Brasil a película chegou aos cinemas em 10 de abril.

A história começa em 1959, na escola William Dawes Elementary School em Lexington, Massachusetts. Para comemorar o primeiro ano da escola, será enterrada uma cápsula do tempo contendo os desenhos dos estudantes baseado na sua visão do futuro para ser aberta apenas 50 anos depois. Ideia que partiu de Lucinda Embry (Lara Robinson), uma garotinha sinistra que ouve vozes e contribui para a cápsula com uma folha repleta de números, aparentemente aleatórios. Naquela noite, Lucinda é encontrada trancada num armário do ginásio, com as mãos ensanguentadas falando sobre as vozes em sua cabeça.

Já em 2009, somos apresentados ao nosso "herói", o professor John Koestler (Cage), um professor de astrofísica do MIT. Começam os clichês: Koestler é amargurado por ter perdido a esposa numa tragédia e vive sozinho com o filho Caleb (Chandler Canterbury, O CURIOSO CASO DE BENJAMIN BUTTON). O professor é um pai ausente para o filho e também não se relaciona bem com o pai (Alan Hopgood), que é um reverendo - desnecessário dizer que a causa disso foi a morte da mulher que fez com que Koestler perdesse a fé na religião.

37.jpg38.jpg


Inclusive, veja que coincidência, no dia anterior aos eventos bombásticos do filme, ele está dando aula para os estudantes de sua classe levantando a questão de que se tudo que ocorre no mundo é premeditado, ou se tratam apenas de eventos químicos e mutações biológicas aleatórias. A opinião do professor, dado seu passado traumático, é mais do que esperada.

E tão obviamente como 2 e 2, John está errado. Caleb estuda na escola William Dawes e no dia da cerimônia de revelação da cápsula cada aluno pode abrir um dos envelopes com desenhos; o garotinho começa a ouvir algumas vozes e pega o envelope de Lucinda. Intrigado com a página repleta de números, ao invés de deixar na escola, ele leva o papel para casa.

Precisa fazer muito esforço para acreditar na série de "coincidências" que se sucedem, mas John encontra um padrão nos números e descobre que a folha contém a data e o número de mortos de cada grande desastre nos últimos 50 anos com precisão "nostradâmica". Sobraram apenas três tragédias futuras no papel e o que acontece quando os números acabam? Conseguirá Koestler evitar as visões da menina? Ou há um significado maior?

39.jpg41.jpg


Pois bem, como eu disse lá em cima, a premissa é excelente e o resultado poderia ser tudo o que SINAIS não foi. Mas existem aqueles dois problemas e o primeiro é Nicholas Cage. Sinto muito, mas o gênero fantástico não é para o homem e tentar engolir que Nick é capaz de fazer o papel de um professor de astrofísica do MIT convence tanto como Steven Segal interpretando um fazendeiro do interior.

Trocando em miúdos, ou Cage está deprimido ou dá aqueles chiliques no melhor estilo "How did it get burned!". Queria registrar também que muitos na sessão que eu estava racharam de rir quando Koestler mostra seu crachá de professor para a filha de Lucinda (Rose Byrne,
EXTERMÍNIO 2 e TRÓIA) como se fosse um distintivo do FBI e começa um verdadeiro interrogatório... Sofrível...

Tirando ele, apesar de ter exposição 24/7 no filme, o restante do elenco é muito bom. Chandler Canterbury não é aquele pivete mala de
O DIA EM QUE A TERRA PAROU, nem histérico como Dakota Fanning em GUERRA DOS MUNDOS. Rose Byrne consegue passar a emoção de ser a filha de uma louca que talvez tenha previsto o fim do mundo, e Lara Robinson tanto como Lucinda, como sua neta 50 anos depois, possui uma força fantástica. Queria ver mais do colega cosmologista Phil Beckman (Ben Mendelsohn), do pai e da irmã (Nadia Townsend) de Cage no filme, que quase não aparecem, não tem quase relevância na trama e poderiam ter uma história mais desenvolvida.

42.jpg43.jpg


Aí entra o segundo problema. Os clichês são até aceitáveis, entretanto por ter passado por dez mãos diferentes, o script acabou se tornando uma colcha de retalhos que nem as duas horas de filme conseguem colocar em ordem. Se fosse só pela premissa apresentada nesta sinopse - um filme catástrofe com alguma coisa de premonição - o filme já estaria completo com 90 minutos e seria muito bom. Todavia o roteiro goteja elementos sobrenaturais durante o filme que só são explicados no final em uma cena interminável e pouco convincente.

Não vou entregar num spoiler, porém apesar de tudo, acredito que se a película tivesse terminado dez minutos antes, sem apresentar a cena final, seria bem mais satisfatório. O script também não explora direito o fator apocalíptico, deixando novamente tudo pro fim, o que seria muito mais interessante que deixar tudo centrado em Cage e seus asseclas.

44.jpg45.jpg


Apesar dos pesares, as cenas de ação e correria são excelentes, de tirar o fôlego mesmo. Apenas tenho reservas com relação ao tosco CGI em algumas tomadas (para quem for assistir aguardem a "cena do alce em chamas") e a ausência de sangue apesar de mostrar tragédias em todo seu grafismo, isto tira o realismo em detrimento de uma censura mais baixa.

Proyas também ganha pontos por praticamente não usar sustos fáceis e deixar algumas cenas claustrofóbicas com poucos elementos, enquanto aplica planos altos, longas tomadas e cenas noturnas; o trabalho de câmera do diretor ainda é um dos melhores da atualidade, um verdadeiro estilista visual. A trilha sonora de Marco Beltrami com músicas de Beethoven e a fotografia soturna de Simon Duggan são coesas com o trabalho do diretor e são pontos a se destacar.

46.jpg


Para fechar queria dizer que PRESSÁGIO não é um filme ruim, também não é bom, é mais como comer um filé gostoso cheio de gordura. E no fim dos números não posso deixar de dizer que fiquei decepcionado, pois esperava mais do Alex Proyas de CIDADE DAS SOMBRAS, porém quem sabe na próxima?

47.jpg
Link to comment
Share on other sites

 whisper people?!  0606

 

Achei interessante o começo qd parecia que o filme caminhava pelo sobrenatural, beirando um terrorzinho.

Daí vieram os ETs... sei lá! 09.

 

Anyway, a cena do voo rasante do avião antes da queda... afff!

 

By the way, o final com a terra sendo destruída, é tremendamente  parecida com o final de  "Impacto Profundo".
Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...