UA-130521384-1 Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

Sinceramente, me pareceu um remake/reboot do Prometheus. O Ridley deve ter pensado "ok, Prometheus não foi bem, então vamos tentar a ideia de outro jeito..."

 

Parece trailer de jogo :/

 

Para mim é uma fan fiction tão válida quando AvP. 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alien: Covenant será o mais gore dos filmes de Alien: “Ridley Scott quer chocar”
POR
 FERNANDO MINIGHITI
 -
  01/03/2017
alien-696x392.jpgAlien: Covenant
 

Ao que tudo indica, Alien: Covenant será o filme mais gore e sangrento de toda a franquia Alien. As informações são da Screen Rant.

Em entrevista ao site, o supervisor de efeitos especiais Neil Corbould confirmou que podemos esperar que o filme seja tão perturbador e inquietante como o Alien original foi para o público em 1979.

“Acho que vai ser o mais gore, sim”, Corbould diz. “Mas gore é gore. Estamos só tentando deixar o filme o mais real possível. É isso que Ridley [scott] quer. Acho que vai ter um impacto semelhante ao que o Alien original teve. Vai ser um verdadeiro filme de terror”, completa.

 

E ao que tudo indica não são apenas os humanos que terão um destino cruel no filme. Como é praxe na franquia, diversas raças acabam se machucando feio (basta lembrar do personagem de Michael Fassbender em Prometheus). Assim, parece que Alien: Covenant não será uma exceção.

“Fizemos um pouco de sangue negro para os alienígenas e um fluído branco para os androides. Mas fizemos também algo como mil litros de sangue vermelho”, acrescenta Corbould. “Então você já deve imaginar como o filme será!”, finaliza.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Embora esse segundo trailer pareça entregar mais do mesmo, ainda assim acho que as chances de termos um bom filme são grandes. E vamos confessar: o filão já esgotou faz tempo, na verdade, lá em 1992 (alguns diriam que foi antes, em 1986). Então não tem como não ser mais do mesmo. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

Por isso queria um "true Alien 5". Filme na Terra com guerra entre humanos, daí entra os Aliens no meio. Clone da Ripley entra no meio também, e a Winona Ryder também se dá mal entrando na bagunça e etc. Se não fosse dirigido pelo Michael Bay, seria muito bão.

 

Podem falar o que for do Alien Ressurrection, mas ele deixou, sim, uma ótima premissa pro próximo filme. 

Share this post


Link to post
Share on other sites

O problema não é nem a falta de originalidade. Um filme pode ser muito bom contando uma premissa batida, mas narrando de forma interessante.

 

O problema é que o Scott quer investir neste universo do Prometheus. Não dá caldo ali. Igual ao Cameron no Avatar. Além do mais nem tem clima de Alien.

 

Neste aspecto achei o trailer do Life muito mais atraente. Bebe no Alien e Gravidade descaradamente. Mas ainda assim parece bom e com personalidade. É uma mistura interessante

 

Share this post


Link to post
Share on other sites
Michael Fassbender explica as diferenças entre os dois robôs que interpreta em Alien: Covenant (Entrevista Exclusiva)
Por Francisco Russo — 05/03/2017 às 08:23
 

David e Walter.

341601.jpg
Um dos destaques de Prometheus foi o robô curioso e perigoso interpretado por Michael Fassbender, cujo interesse em melhor compreender a psiquê humana causou tantos problemas à tripulação da nave que dá nome ao filme. Em Alien: Covenant, Fassbender retorna em dose dupla: ele não apenas volta a interpretar David como assume mais um personagem, Walter.

No dia em que conversamos com o ator em pleno set de filmagens, localizado na cidade australiana de Sydney, Fassbender estava caracterizado como Walter. A diferença visual entre ambos está no cabelo: se David é loiro, Walter é preto. O imenso corte no rosto - preparado pela equipe de maquiagem, claro! - era reflexo da gravação da cena de combate com os temidos aliens, quando os sobreviventes tentam escapar a bordo de uma espaçonave.

Confira abaixo os principais destaques da conversa que tivemos com o ator, onde fala sobre as diferenças entre David e Walter, as mudanças de Prometheus para Alien: Covenant, o trabalho com o diretor Ridley Scott e muito mais! Mas atenção: se você não assistiu Prometheus, esteja avisado que traremos SPOILERS sobre o desfecho do longa-metragem. Portanto, se você não deseja saber o que aconteceu no filme, PARE DE LER AGORA MESMO!

528142.jpgMichael Fassbender como Walter em "Alien: Covenant"

DAVID E WALTER

Situado dez anos após PrometheusAlien: Covenant apresenta uma espaçonave-colônia, a Covenant do título, em busca de um planeta onde seja possivel realizar terraformação - ou seja, adaptá-lo para que seja uma "nova Terra". Dentre as 2 mil pessoas a bordo está Walter, o robô que serve à tripulação, que perde uma das mãos logo no início do filme.

Em relação a David, o término de Prometheus revela que ele perdeu todo o corpo, restando apenas sua cabeça. "David viaja para o espaço com Elizabeth Shaw [personagem de Noomi Rapace], foi a última coisa que o vimos fazer, e Walter faz parte dessa nova tripulação. A equipe da Covenant acaba encontrando David em suas viagens", explica Fassbender. O ator confirmou que David terá uma aparência diferente em Alien: Covenant, sem no entanto revelar quais serão estas mudanças.

Fassbender revelou também o atual momento de David e suas diferenças em relação a Walter: "David nós já conhecemos de Prometheus. Este filme se passa dez anos depois e, basicamente, ele não passou por nenhuma manutenção", explica. "Sabemos que ele tem tendências humanas em sua programação e, com o passar do tempo, os robôs da espécie de David foram criados para desenvolverem essas tendências. Isso deixa as pessoas um pouco desconfortáveis. Então, após o modelo de David, os andróides começaram a ser estruturados com menos complicações, sem os traços humanos."

"David desenvolveu, para o seu mal, a vaidade e o orgulho. Walter é muito lógico, um ser sintético cujo único propósito é servir à nave Covenant e à sua tripulação. Então, ele é mais como o Spock de Leonard Nimoy: não tem senso de humor e nem compreende muito bem essas características humanas; é uma inteligência artificial que funciona de maneira puramente lógica. Como David não passou por nenhuma manutenção, seus traços humanos se acentuaram nesses dez anos."


O ENCONTRO DOS ROBÔS

É claro que David e Walter se encontram em Alien: Covenant. E as diferenças entre eles serão bem mais nítidas do que uma mera tonalidade de cabelo. "Há uma conexão entre eles, é claro, porque são praticamente idênticos. Há uma certa afinidade. Diria que isso vem mais da parte de David, porque ele tem essas características humanas que se desenvolvem cada vez mais, ao passo em que Walter não sabe lidar com as emoções humanas. Então, acho que há um elemento de curiosidade e confusão no encontro deles. Em termos da relação, acho que David verá a si mesmo como o irmão mais velho de Walter."

"Temos algumas ótimas cenas em que David e Walter estão juntos filosofando. É muito divertido, porque a tecnologia disponível hoje em dia me possibilita estar presente no plano como Walter e como David", complementa o ator. "É claro que isso leva mais tempo, porque temos que coreografar todos os movimentos da câmera para repetirmos a cena duas vezes, onde eu contraceno com meu dublê. É preciso respeitar os movimentos, porque precisamos sincronizar tudo para montarmos o filme, mas é incrível ver como a tecnologia nos possibilita fazer isso hoje em dia. Ao invés de termos irmãos gêmeos contracenando ou ao invés de percebermos a presença de um dublê na cena, de costas, veremos Walter e David juntos ao mesmo tempo. Isso é ótimo."

528611.jpgO temível Alien no segundo trailer de "Covenant"

ENCARANDO O ALIEN

Revelado em 1979, em Alien, o 8º Passageiro, o mortal ser extra-terrestre rapidamente se tornou uma figura icônica no cinema. Desta forma, nada mais natural do que se sentir empolgado diante de sua presença, mesmo sabendo de antemão que se trata de alguém fantasiado. "Sinto-me como um adolescente, como um jovem empolgado. Sinto isso sempre que caminho pelo set, senti isso em Prometheus", comenta. "Esse sentimento voltou de imediato quando entrei na nave montada aqui nos estúdios, e já estive bem próximo do alien. É ótimo, é um daqueles momentos em que me sinto muito sortudo por estar fazendo as coisas que estou fazendo, aqueles momentos em que você precisa se beliscar para perceber que é real."

O ator revelou também uma história pessoal relacionada ao filme original: "Vi Alien quando tinha 11 ou 12 anos. Meus pais não me deixavam ver filmes para maiores como esse naquela época, não podia ver os filmes de Sylvester Stallone e Arnold Schwarzeneger porque eles achavam que eram muito violentos, gratuitos. Mas, por alguma razão, acharam que eu poderia ver Alien e lembro do impacto que o filme causou em mim. Não só pelo fato de ser muito assustador e de que um monstro sai de dentro do estômago de John Hurt, mas porque o filme era muito sofisticado. Isso me impressionou muito e eu sabia que estava vendo um filme muito original, muito distinto."


CENAS DE AÇÃO

Seja como Magneto nos filmes da franquia X-Men ou na pele de Callum Lynch em Assassin's Creed, Michael Fassbender está acostumado a rodar cenas de ação. "Gosto de filmar cenas assim, especialmente quando tenho tempo para me preparar", afirma. "As cenas de ação de Alien: Covenant são bem fáceis de fazer. Gosto de fazer cenas de luta quando tenho tempo, para aprender e poder aproveitar a coreografia. Gosto quando as cenas parecem ser bagunçadas e descontroladas mas, na verdade, foram feitas com muito controle. Acho esse processo muito interessante."

397388.jpgA tripulação da nave Covenant

DIFERENÇA ENTRE OS FILMES

"Essa resposta vai parecer muito genérica, mas acho que Alien: Covenant é muito mais assustador que Prometheus. Quando as coisas começam a acontecer, é como um efeito dominó. O filme é implacável, mas não é cansativo porque as relações entre os personagens são muito interessantes", comenta o ator.

"Todo o conceito do filme é interessante, o fato de que essa nave é uma nave colonizadora que tem a missão e a esperança de colonizar um novo planeta. É um recomeço, é quase como quando os europeus chegavam à América no século XVII ou algo assim. É uma chance de começar uma nova vida. Nós temos ótimos personagens, ótimos relacionamentos entre eles e ótimas sequências de ação. Resumindo, acho que será muito mais assustador. Também é mais engraçado. Gosto quando a comédia se mistura ao terror, provoca sentimentos mais interessantes."


RIDLEY SCOTT

"É um grande prazer poder voltar a trabalhar com Ridley Scott novamente. É o terceiro filme em que trabalhamos juntos, adoro estar no set dele e trabalhar com ele", disse Michael Fassbender, lembrando não apenas de Prometheus mas também de O Conselheiro do Crime

"Poder ver como ele trabalha em todos os níveis do fazer cinematográfico é uma experiência única. Ele se envolve em todos os estágios, se orgulha muito de terminar o filme dentro do orçamento, dentro do tempo previsto. As anotações que dá ao seu elenco são sempre divertidas, espirituosas, criativas, apaixonadas e muito específicas. Ridley demanda muito de sua equipe, mas todos amam trabalhar com ele. É um líder muito firme, que é muito aberto às dicas e ideias de todos os departamentos."

 

FONTE: ADORO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alien: Covenant | Sequência de novo filme já está escrita
Ridley Scott afirmou que está pronto para mais um longa em breve
 
“Você precisa assumir que terá algum sucesso e precisa estar preparado para isso. Não quero uma janela de dois anos. Então estarei pronto novamente no ano que vem”.
 
 
https://omelete.uol.com.br/filmes/noticia/alien-covenant-sequencia-de-novo-filme-ja-esta-escrita/

 

 

Leia-se: Se depender do Ridley, o Alien do Neil Blomkamp subiu o telhado... Não verá a luz do dia tão cedo (espero).

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alien: Covenant volta ao coração da história da franquia, diz Guy Pearce
POR
 DIEGO ALMEIDA
 -
  08/03/2017
Guy-Pearce-em-Prometheus-696x295.jpgGuy Pearce em Prometheus
 

Guy Pearce falou sobre o que podemos esperar de Alien: Covenant, a continuação de Prometheus e também prelúdio do filme original da franquia Alien, em entrevista ao IndieWire.

“Sem querer desmerecer nada do que fizemos em Prometheus, mas eu acho que voltar ao coração da história é o que os fãs querem”, começou o ator.

“Ridley fez um mapa tão incrível para encontrar novas maneiras de contar histórias, e mesmo se ele voltando para as origens ou ao que tornou os filmes originais de Alien tão atraentes, ele ainda conseguiu fazer isso de uma forma inovadora. O [novo] filme não vai parecer datado ou velho”, garantiu.

Ao comentar sobre sua participação na trama, Pearce ressalta:

 

“Eu estive lá muito brevemente. Então eu não estou envolvido profundamente [na produção] ao contrário de outros trabalhos que duram meses a fio. Mas eu continuo lembrando a mim mesmo que eu estou no novo filme de Alien, e isso é emocionante”, finalizou.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alien: Covenant | Ridley Scott confirma interesse de fazer mais três filmes
POR
 DIEGO ALMEIDA
 -
  11/03/2017
alientrailer-696x324.jpgXenomorfo de Alien: Covenant
 

Ridley Scott está ressuscitando a clássica franquia Alien com o filme Alien: Covenant, e ele não pretende parar por aí. Em entrevista à EW, o diretor disse que pretende rodar pelo menos mais três filmes desse universo.

 

“Alien vs. Predador afundou a franquia. Eu pensei nisso por um tempo e cheguei a conclusão, ‘Eu posso trazê-la de volta’. E aqui está a causa e efeito: nós a ressuscitamos com Prometheus, que tinha duas boas perguntas que nenhum dos outros filmes fez: Quem criou os aliens e por quê? Prometheus estabeleceu isso. [Covenant] responde ‘quem e por que’, e depois deixa todos os tipos de perguntas para os próximos dois, três, ou quatro filmes. Covenant 2 já está sendo escrito neste exato momento em que eu estou falando”, afirmou.

A publicação pediu para Scott confirmar seu interesse de formar uma nova quadrilogia de Alien, preludiando o filme original de 1979, e ele respondeu:

“Nunca se sabe. Veremos como este filme vai se sair. Existe muito potencial nele. Não é apenas o que você pode esperar. Há várias questões interessantes e fascinantes – sobre criação, quem somos, e de onde viemos… À medida que você desenvolve algo e faz algo, todos os tipos de conceitos evoluem”, finalizou.

 

FONTE: OBSERVATÓRIO DO CINEMA

Share this post


Link to post
Share on other sites
Alien: Covenant - "Nós temos um planejamento a longo prazo de como os filmes se conectarão", avisa Ridley Scott (Entrevista exclusiva)
Por Francisco Russo — 11/03/2017 às 12:13
 

Haverá ao menos mais um filme da franquia no futuro.

463330.jpg
Marco da ficção científica, Alien, o 8º Passageiro teve três sequências sem a participação de seu criador, Ridley Scott, que apenas retornou à franquia com Prometheus. Mais até do que dar continuidade à saga do temível (e terrível) extra-terrestre, sua intenção maior era compreender como ele havia surgido. Alien: Covenant segue esta trajetória.

Situado dez anos após os eventos registrados em Prometheus, o novo filme da série traz os tripulantes de uma nave colonizadora chegando ao planeta natal dos engenheiros, sem ter a menor ideia de quem eles sejam. O AdoroCinema visitou os sets de filmagens de Alien: Covenant em junho de 2016 e conversou com Ridley Scott, que falou sobre a cronologia da franquia e a existência de vida inteligente lá fora. Confira!

Como é fazer um filme do Alien com a criatura original novamente?

Ridley Scott: Acho que fazer esse filme era essencial. Ninguém se perguntou o porquê dessa criatura ter sido criada e quem a criou, na primeira série de filmes. Prometheus começou a fazer essa pergunta e este filme está aprofundando o questionamento sobre quem poderia desenvolver um monstro como esse e com qual motivo. É interessante porque exploramos uma sociedade diferente da nossa. Vou só dizer isso para não estragar o filme. Vocês terão que descobrir por si mesmos.

115492.jpgEle está de volta!

O que mais te fascina neste mundo que você criou? Os Aliens, a origem dos seres humanos?

Ridley: Essa é uma pergunta que todos fazem. Não sou religioso, não sou agnóstico e nem sou ateu. Apenas não tenho certeza. Carl Sagan, um homem muito bacana, viu o filme original certa vez e me disse que tinha gostado, mas que não fazia o menor sentido porque nem eu nem ele veríamos alienígenas em nossas vidas. Trinta anos depois, já se fala no fato de que devem existir milhões de entidades por aí que podem ser equivalentes a nós ou que podem ser mais avançadas ou atrasadas que nós. Não existem provas de que eles existem, e a tecnologia tenta ficar cada vez melhor para provar a existência deles, mas é apenas lógico que eles existam. Então, se um cara usando uma túnica e uma barba desce de uma nave, você o chamará ou de alienígena ou de deus.

Se voltarmos à origem cultural do mundo, os egípcios e os maias, há uma certa conexão entre eles, veremos que os desenhos deles só podem ser evidências das coisas que viram. Estou parecendo um programa de televisão sobre o assunto, mas as coisas que a NASA diz fazem sentido. Espero que eles não nos visitem.


Então é inteligente da nossa parte enviar sinais informando onde estamos?

Ridley: Temos que fazer isso. Enfrentamos mais ou menos a mesma situação que os náufragos dos séculos XVII e XVIII, que acendiam fogueiras para que os navios que passavam os resgatassem. Acho que nós precisamos nos comunicar para ver se eles são perigosos ou não. Se eles nos visitarem, eles são muito, muito mais avançados do que nós.

115961.jpg

O que podemos esperar deste filme? Parece ter bastante ação e ser bem violento.

Ridley: Acho que o filme precisa dessas coisas, mas também há uma subtrama muito interessante, que espero que nos leve ao próximo filme. Nós temos um planejamento a longo prazo de como os filmes se conectarão. A forma como este filme termina definitivamente nos levará ao próximo. Não vou dizer como o filme termina, por razões óbvias, mas definitivamente levará ao próximo e deixará várias perguntas.


Você traz o Alien de volta e também as inteligências artificiais. O que acha sobre isso? Algumas pessoas dizem que as IAs seriam as maiores ameaças para a raça humana.

Ridley: É uma visão intelectual de que, uma vez que você cria um supecomputador, este supercomputador cria um clone de si, um irmão ou irmã. A partir do momento em que você tem dois supercomputadores trabalhando juntos, eles já estão muito mais avançados do que nós e isso se torna uma preocupação, se torna algo que precisa ser controlado. Porque se você tiver múltiplos supercomputadores e eles saírem do padrão, teremos problemas. David, por exemplo, sempre se viu como superior aos seus criadores.

NOTA: David é o personagem interpretado por Michael Fassbender em Prometheus, que também estará em Alien: Covenant. Sobre a continuidade da franquia, Ridley Scott revelou que já tem o roteiro da sequência pronto e pretende rodá-lo em dois anos.

Com estreia nos cinemas brasileiros agendada para 11 de maio, Alien: Covenant conta com Katherine WaterstonBilly CrudupDanny McBrideDemian BichirJames Franco e Noomi Rapace no elenco.

 

FONTE: ADORO CINEMA

 

Uma coisa que eu me pergunto. Será que o Ridley vai levar o conceito da Rainha Alien em conta? Não sei se é verdade, mas li por ai que o Ridley não curtia muito esse conceito introduzido pelo Cameron em ALIENS.

Share this post


Link to post
Share on other sites

Ridley pode ter entregado que próximo filme pode se chamar Alien Awakening:
 
There will be another one before we kind of literally and logically, clockwise, back into the rear back head of [the original] Alien. It will go Prometheus, Awakening, Covenant…fairly integral where this colonization ship is on the way….
 
 
http://bloody-disgusting.com/news/3428514/pretty-sure-ridley-scott-just-revealed-next-alien-prequel-title/

Share this post


Link to post
Share on other sites

Alien by Cameron Crowe

 

As escolhas para a trilha dos trailers estão sendo um desastre.

 

Parece aqueles trailers zuados que a pessoa pega e coloca uma trilha nada a ver, tipo aquele com o Iluminado e a Mary Poppins

Share this post


Link to post
Share on other sites

Create an account or sign in to comment

You need to be a member in order to leave a comment

Create an account

Sign up for a new account in our community. It's easy!

Register a new account

Sign in

Already have an account? Sign in here.

Sign In Now

×