Jump to content
Forum Cinema em Cena

Ted


Gustavo Oliveira
 Share

Recommended Posts

Bom pessoal, assisti ao filme Ted, para mim a melhor comédia do ano.

Digam o que acharam também!

 

Este filme estreou em: 21 de Setembro de 2012

 

Em um Natal, o ursinho de pelúcia de John Bennett (Mark Wahlberg) ganha vida. Os dois crescem juntos e, já adulto, ele deve escolher entre ficar com sua namorada Lori Collins (Mila Kunis) ou manter sua amizade com o urso Ted (Seth MacFarlane).

 

CURIOSIDADES

- Do mesmo criador da série de televisão Família da Pesada

FICHA TÉCNICA

Diretor: Seth MacFarlane

Elenco: Mila Kunis, Mark Wahlberg, Giovanni Ribisi, Jessica Stroup, Patrick Warburton, Seth MacFarlane, Joel McHale, Laura Vandervoort, Melissa Ordway, Aedin Mincks, Ralph Garman, Ginger Gonzaga, Alexandra East.

Produção: Jason Clark, John Jacobs, Seth MacFarlane, Scott Stuber, Wellesley Wild

Roteiro: Seth MacFarlane, Alec Sulkin, Wellesley Wild

Fotografia: Michael Barrett

Trilha Sonora: Walter Murphy

Duração: 106 min.

Ano: 2012

País: EUA

Gênero: Comédia

Cor: Colorido

Distribuidora: Paramount Pictures Brasil

Estúdio: Media Rights Capital / Universal Pictures / Fuzzy Door Productions / Bluegrass Films / Smart Entertainment

Classificação: 16 anos

 

 

O filme de Seth MacFarlane (Produtor, Roteirista, Diretor e ator) resulta numa comédia original (num ano fraco nesse sentido) que há muito não se via, arrancando muitas gargalhadas do telespectador -através de um humor ácido politicamente incorreto- e comovendo de modo brilhante.

 

Em um Natal, o ursinho de pelúcia de John Bennett (Mark Wahlberg) ganha vida após um esperançoso pedido. Os dois crescem juntos e, já adulto, ele deve escolher entre ficar com sua namorada Lori Collins (Mila Kunis) ou manter sua amizade com o urso Ted (Seth MacFarlane).

 

Logo em sua introdução, o filme acerta (e não podia ser diferente) ao empregar uma narrativa em off e em terceira pessoa que faz questão de deixar bem claro que Ted ganhara vida por meio da magia que ainda existe na terra, pois um pedido de um garoto puro não há como negar. Assim, com um contexto “fantasioso” criado, a produção de MacFarlane ganha forma e ritmo de maneira incrivelmente bem sucedida, avançando a narrativa de modo cronologicamente rápido e ágil. Desta forma, nos familiarizamos de imediato com a trama ao vermos John Bennett conhecer e, naturalmente, começar e firmar namoro com Lori Collins, ao passo que Ted vai crescendo e tendo sua personalidade criada, explicitando, também, seus sentimentos de ciúmes para com John em relação a seu relacionamento com Lori, algo que conduzirá o enredo do filme. [...]

 

John e Ted, apesar das diferenças físicas, são sujeitos extremamente semelhantes cujas vidas são dominadas pela infantilidade que vive em ambos, nascendo, a partir daí, muitas cenas hilárias protagonizadas pelo ursinho de pelúcia e seu parceiro, dentre as quais destaco algumas, como vários momentos em que eles deliberadamente fumam “maconha” ou simplesmente falam da vida em função de seus “ignorantes” pontos de vista, não deixando, é claro, de fazer uma série de citações inteligentes à filmes, astros e ícones do passado e da atualidade. E embora o longa possa “ofender” certas pessoas devido a seu contexto “pesado”, MacFarlane merece aplausos pela opção de não editar seu filme para que tenha a censura reduzida e, principalmente, por ousar e inovar numa comédia que quebra muitos parâmetros e limites pré-estabelecidos por nós mesmos, uma vez que estes devem sim serem abordados de modos diferentes através da arte; afinal, antes vulgar e sacana do que clichê, certo?

 

Não há o que dizer de ruim do elenco que se entrosa muito bem em cena, fazendo a difícil tarefa de contracenar com um simples urso de algodão que mais tarde ganharia voz e efeitos visuais (por vezes, impecáveis, casando perfeitamente com a personalidade de Ted), entretanto Mark Wahlberg e Mila Kunis, apesar de realizarem ótimas interpretações, poderiam ser substituídos sem problemas por outros atores igualmente competentes, pois quem rouba a cena em praticamente todo o filme é o inconsequente, ignorante, infantil, sacana, vulgar, fofo e adorável ursinho que, por sua vez, é capaz de realizar até mesmo atos sexuais.

 

Em contrapartida, “Ted” perde levemente seu ritmo em poucos momentos nos quais a narrativa aborda o passado dos personagens através de flash backs que, apesar de bem conduzidos, soam desnecessários assim como o terceiro ato que exagera no drama acerca do desenvolvimento do enredo (afinal, não precisava montar todo um arco em função da possível morte do urso), mas que felizmente consegue tocar e comover o telespectador que, desde o início, se identificara com o jeito único do personagem mais engraçado dos últimos anos (sem quaisquer dúvidas).

 

Seria incoerente dizer que “Ted” é um filme “família”, todavia é totalmente contundente afirmar que a ótima comédia (com romance na medida certa) é fruto de um belíssimo trabalho de seu realizador (cujo no currículo consta somente a boa série de TV “Uma Família da Pesada”, porém agora muitas outras oportunidades certamente surgirão), que criara um roteiro divertidíssimo muito bem amarrado com a trama, assim, desenvolvendo sua história de modo empolgante, polêmico e impossível de não embarcar (é claro que há exceções, dadas as circunstâncias).

 

Enfim, um longa que deve ser visto pelos amantes da sétima arte com um olhar artístico (mas se você se ofende fácil, é recomendável que não assista. E jamais deixe-se enganar pelo ursinho na capa, na sessão em que assisti dois pais saíram com os filhos!), pois apesar das vulgaridades (engraçadíssimas, por sinal), “Ted” traz às telonas valores sentimentais de amizade que jamais devem ser esquecidos num mundo onde as sombras que nos cercam são cada vez mais naturais, e um “simples urso” pode ser um amável e fiel companheiro para toda a vida. Grande Filme!

 

*OBS: Um dos melhores filmes do ano, inegavelmente, fazendo jus a seu sucesso fenomenal de bilheteria.

 

*OBS 2: Acredito muito numa possível continuação que já está sendo especulada, porém MacFarlane terá que demonstrar ainda mais talento para conduzir a mesma, pois como já estamos cansados de saber, muitas vezes, as sequências estragam as obras originais. De qualquer forma, desde já aguardando como cinéfilo que sou!

 

 

Nota: 8 de 10.

Link to comment
Share on other sites

eu ja achei uma comedinha razoavel q vale apenas pelo ursinho guti-guti, q carrega o filme nas costas.. assim como o alienigena Paul na ficcao do mesmo nome. No entanto, alem do bicho tem as trocentas referencias pop oitentistas espalhadas por td filme, q sao mto mais prazerosas de encontrar q a estoria propriamente dita, berm bobinha por sinal. Destaque disparado pro Flash Gordon e pro Lanterna Verde-Deadpool gay..

Link to comment
Share on other sites

 

'TED': Deputado quer proibir filme de ursinho viciado em maconha

25/09/2012 | 10h11min

 

O deputado Protógenes Queiroz (PC do B-SP) disse que pedirá nesta terça-feira, 25, aos Ministérios da Justiça e da Cultura que suspendam a exibição do filme Ted, de Seth MacFarlane, que estreou sexta-feira.

 

Protógenes assistiu ao filme com o filho Juan, de 11 anos. "Fiquei chocado e indignado com esse filme. Ele passa a mensagem de que quem consome drogas, não trabalha e não estuda é feliz", disse Protógenes.

 

O deputado, também delegado da Polícia Federal, criticou os Ministérios da Justiça e da Cultura por terem liberado o filme para maiores de 16 anos. "Não poderia ser liberado nem para 16 nem para 18 anos. Esse filme não pode ser liberado para idade nenhuma. Não deve ser veiculado em cinemas", afirmou. Protógenes disse que, como deputado, pedirá explicações dos dois ministérios sobre a liberação do filme.

 

O deputado postou sua indignação com o filme no Twitter. Informou que levou o filho Juan. O assunto repercutiu na internet e ficou entre os trending topics de Brasília, São Paulo e Rio, entrando na lista de temas mais falados no País nesta segunda-feira, 24. Houve uma enxurrada de respostas e críticas. Um dos comentários lembrou que o filme não é infantil, mas para maiores de 16 anos. "Desculpas, mas esse filme é um absurdo", rebateu Protógenes.

 

Ele afirmou que costuma levar o filho para ver filmes com classificação para adolescentes. "Se a faixa etária é para 18 anos, ele não vai; se é para 16, como esse Ted, eu levo, porque ele já é pré-adolescente. Vi a sinopse e pensei que poderia levar meu filho. Mas logo no início o filme apresenta cenas com drogas, até mesmo com modernos aparatos para o consumo de crack."

 

Protógenes disse que o filme é desrespeitoso, "endossa atitudes criminosas, satiriza o consumo de drogas e de álcool e instrui o espectador a não estudar e a não trabalhar". Segundo o deputado, é "um filme agressivo". Ele afirmou que, ao conversar com o filho sobre o conteúdo do filme, outras crianças ao lado disseram: "Tio, estamos sabendo, aquilo é maconha". Ele lembrou que acompanhava o filho, mas havia crianças sozinhas.

 

"Logo na primeira cena, falei para Juan que havia coisas erradas no filme. Ele respondeu: ‘Já sei, papai. Esse ursinho é preguiçoso, só quer saber de fumar maconha e crack, não trabalha, vive de bico, não estuda’. Eu ainda falei que quem não estuda e não trabalha acaba consumindo drogas, tentando ajeitar as coisas." Protógenes disse que o filho perguntou se ele queria ir embora. "Respondi que não. Queria ver até onde ia aquele desrespeito."

 

O deputado afirmou ainda que uma das cenas que mais chamaram sua atenção foi quando o ursinho Ted liga a televisão e aproveita para consumir drogas. Protógenes disse ainda que ficou indignado ao ver um herói de sua juventude - Flash Gordon - usando cocaína.

 

Ted é uma comédia que mostra a amizade entre um homem e seu urso de pelúcia da infância à idade adulta.

 

 

Quer coisa mais imbecil que isso aí. O cara leva o filho de 11 pra ver um filme pra 16 (como ele conseguiu entrar no cinema com o filho?) e agora tá rodando a baiana querendo proibir o filme.

 

Nem sei o que dizer, porque é algo tão débil. <_<

Link to comment
Share on other sites

A foto acima com sinal obsceno é para o Protógenes? Hehehe! :D

 

É isto que chamo de falso moralismo. O cara vê o filme até o fim da sessão com uma criança algo que considera imoral e vem querendo proibir. Como já disse até demorou aparecer um desses . Várias coisas do Seth MacFarlane sempre geram polêmicas. “Apologia a drogas”, Aborto, racismo, todo tipo de tema “delicado”.

http://jovemnerd.ig.com.br/jovem-nerd-news/tv/saiba-detalhes-do-episodio-banido-de-family-guy/

http://www.animatoons.com.br/uma-familia-da-pesada/uma-familia-da-pesada-gera-polemica/

http://www.soshollywood.com.br/family-guy-palin/

 

Isso só ajuda a divulgar mais o filme. Hehehe! :D

Link to comment
Share on other sites

É pro Protogenes mesmo essa imagem.

 

Lindo ele chamar o filme de INFANTO-juvenil, como se por ter um Urso, o filme seja pra crianças. Classificação etária de 16 anos, já indica o contrário. E se for isso, ele teria que proibir também os filmes do Chucky. Um boneco (pra crianças) que mata pessoa e em alguns filmes fuma maconha também.

Link to comment
Share on other sites

Esse deputado é bem sem-nocao mesmo! pq nao leva o filho pra ver pornö e depois reclama do filme tb...aff!.. sera q ele nao tem bom senso de ler uma sinopse antes de assistir alguma coisa com crianca? pelo visto ta mesmo carente de atencao e com tempo de sobra, afinal um ursinho merece mais atencao q a roubalheira no senado, entre outros assuntos mais relevantes..Tava lendo q ele primeiro queria tirar o filme de cartaz mas agora, com td mundo caindo em cima, voltou atras e agora quer apenas a aumento da faixa etaria de classificacao do filme. Como se isso bastasse pra demover qq crianca de assisti-lo.. nao existe internet na casa dele, pelo visto.. De qq jeito, essa patacoada deu apenas mais Ibope pruma comedia adulta...apenas engracadinha, nada demais. Mas comparativamente, superior aquela bosta de Turistas e outros filmecos polemicos q ganharam holofotes involuntariamente.

Link to comment
Share on other sites

Só a título de curiosidade e desculpa para postar uma foto de uma garota gostosa. A Mila Kunis do filme ai é a dubladora da Meg Griffin do Family Guy.

 

mila-kunis-6.jpgmila-kunis-adult.jpg

Abaixo não é uma gostosa. :lol:

 

128.png

 

Aproveitando o Ted dublado pelo próprio Seth MacFarlane (ótimo dublador IMO) é o Brian Griffin e muitos outros personagens também do Family Guy e outros desenhos dele. Além de que no trailer que a voz dele está igual ao do Brian Griffin.

 

http://www.youtube.com/watch?v=vlIm-riMN6Q

Link to comment
Share on other sites

E tô ouvindo o rádio e teve um comentário de um jornalista que nossa! Vá defecar pela boca assim lá longe. Não posso deixar de comentar.

 

"Que mesmo pra 16 anos, qual relevância em ver um filme que tem um urso que fuma maconha. E que o diretor é maconheiro."

 

Comentário lindo mesmo. 01) Pra se ver um filme precisa mesmo ter alguma "relevância"? Ainda mais uma comédia onde o objetivo é nitidamente "relaxar e gozar". 02) Urso do filme é maconheiro então o diretor é maconheiro também? Então, calculo que o Francis Ford Copola seja mafioso também, ou que o John Carpenter seja um serial killer que usa máscaras e mate babás virgens... Putz! Pelamordedeus. E se for deixar de ver um filme porque o diretor é maconheiro, acho que sobras poucas opções de filmes pra ver. Pelo menos, os filmes vindos de Hollywood, não deve sobrar muita coisa... Se o diretor é ou não maconheiro (ou qualquer outra coisa), considero que isso não tem muita "relevância", para se admirar ou gostar de uma obra.

Link to comment
Share on other sites

 

Aproveitando o Ted dublado pelo próprio Seth MacFarlane (ótimo dublador IMO) é o Brian Griffin e muitos outros personagens também do Family Guy e outros desenhos dele. Além de que no trailer que a voz dele está igual ao do Brian Griffin.

 

 

 

Achei que a voz usada no urso é a do Peter Griffin, tanto que ele mesmo faz piada sobre isso no filme.

Link to comment
Share on other sites

O cara é tão vaidoso... Que comédia.

 

Deputado entrega pedido para revisão de classificação de "Ted" ao Ministério da Justiça

 

 

Do UOL, em São Paulo

 

 

 

Comentários 78

  • deputado-protogenes-queiroz-entrega-pedido-de-reavaliacao-de-classificacao-indicativa-da-comedia-norte-americana-ted-a-jose-eduardo-cardozo-ministro-da-justica-do-pais-nesta-quarta-feira-26-1348702442067_615x470.jpg
    Deputado Protógenes Queiroz entrega pedido de reavaliação de classificação indicativa da comédia norte-americana "Ted" a José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça

Link to comment
Share on other sites

O cara é tão vaidoso... Que comédia.

 

Deputado entrega pedido para revisão de classificação de "Ted" ao Ministério da Justiça

 

 

Do UOL, em São Paulo

 

 

 

Comentários 78

  • deputado-protogenes-queiroz-entrega-pedido-de-reavaliacao-de-classificacao-indicativa-da-comedia-norte-americana-ted-a-jose-eduardo-cardozo-ministro-da-justica-do-pais-nesta-quarta-feira-26-1348702442067_615x470.jpg
    Deputado Protógenes Queiroz entrega pedido de reavaliação de classificação indicativa da comédia norte-americana "Ted" a José Eduardo Cardozo, ministro da Justiça

 

Rindo da cara de sério dele na foto, como se isso fosse apagar o papelão que esse "nobre" deputado cometeu. Não precisa fazer cara de sério, Protógenes, já que absolutamente ninguém, tá te levando a sério mesmo. Fazer uma cruzada com um Urso de pelúcia que fuma maconha num filme, como se isso fosse mudar alguma coisa no país

 

E mudar classificação de 16 anos pra 18? É isso!? Nossa! Grande vitória! You score, Protógenes... :mellow: Mas isso é o máximo que você pode fazer mesmo. Proibir o filme como você queria, vai ficar só na vontade mesmo.

Link to comment
Share on other sites

eu ja achei uma comedinha razoavel q vale apenas pelo ursinho guti-guti, q carrega o filme nas costas.. assim como o alienigena Paul na ficcao do mesmo nome. No entanto, alem do bicho tem as trocentas referencias pop oitentistas espalhadas por td filme, q sao mto mais prazerosas de encontrar q a estoria propriamente dita, berm bobinha por sinal. Destaque disparado pro Flash Gordon e pro Lanterna Verde-Deadpool gay..

Ryan Reynolds se encarojou muito para suas duas cenas KKKKKKK Bizarro o Flash Gordon tbm KKKK
Link to comment
Share on other sites

 

01/10/2012 - 16h22

Filme que deputado queria suspender vira campeão de bilheteria no Brasil

 

 

Publicidade

 

RODRIGO SALEM

ENVIADO ESPECIAL AO RIO

 

O deputado federal Protógenes Queiroz (PC do B-SP) queria suspender a exibição do filme "Ted" após assisti-lo com o filho de 11 anos --mesmo com a classificação indicativa para 16 anos.

 

No entanto, aconteceu o oposto com o longa estrelado por um ursinho de pelúcia que usa drogas, faz sexo e fala palavrões: ele se tornou o filme mais visto do fim de semana, derrubando "Resident Evil 5: Retribuição".

A comédia, que havia estreado no Brasil em segundo lugar, na semana passada, com mais de 200 mil espectadores, teve um aumento de público de cerca de 10% em seu segundo fim de semana, chegando a um total de 550 mil espectadores em 10 dias --na renda, o crescimento foi de 6%. Divulgação 12270301.jpeg Em "Ted", o urso de pelúcia de John (Mark Wahlberg) ganha vida

 

A tendência de sucesso acompanha o mercado mundial. "Ted", dirigido e escrito por Seth MacFarlane, criador de "Uma Família da Pesada", é a comédia de maior sucesso do ano, arrecadando US$ 434 milhões (R$ 870 milhões) nas bilheterias.

A notícia do Brasil vem no dia que MacFarlane, que também comanda o programa "Roast", no Comedy Central, foi anunciado como o próximo apresentador da cerimônia do Oscar, marcada para 24 de fevereiro. E não custa lembrar lembrar que madrugada de domingo, quando o prêmio é exibido, é hora de criança de 11 anos estar na cama.

 

 

Parabéns à Universal, distribuidora do filme. Conseguiu uma campanha de marketing forte sem nem ter tirado um centavo do bolso. Só bastou um bocó chorar com o conteúdo do filme e fim.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...