Jump to content
Forum Cinema em Cena

Cotas em Universidades


Travis Bickle
 Share

Você é a favor da adoção do sistema de cotas em universidades ?  

19 members have voted

  1. 1. Você é a favor da adoção do sistema de cotas em universidades ?

    • Sim
      10
    • Não
      43


Recommended Posts

Tema polêmico que ultimamente vem gerando muita discussão nos meios educacionais.

Sou contra por diversos fatores:

-Adotando o sistema de cotas estariamos criando um tipo de segregação racial, assim como acontecia nos EUA há algum tempo atrás. Em outras palavras: a sociedade seria divididida entre negros e brancos, e a Historia nos mostra que isso nunca deu certo.

-O sistema de cotas por si só já vai contra o que propõe, afinal, involuntariamente, o sistema prega que o negro nao tem capacidade para passar sem uma cota direcionada a ele.

-O problema do Brasil não está na questão racial, mas sim no ensino publico. Por que não investir no ensino público para todos competirem de igual para igual? O sistema de cotas visa tapar o sol com uma peneira.

-Isso geraria profissionais com qualificação discutivel. Você preferiria tratar com um cara que passou no vestibular por merito proprio (podendo ser negro) ou com alguem que fez metade da prova e entrou em medicina ?

-O sistema gera racismo por parte da sociedade branca, que se vê sendo injustiçada, e isso, a longo prazo, pode gerar conflitos e segregação, como aconteceu nos EUA.

-O Estado não pode fazer identificação e imposição de identidade racial à sociedade.

Travis Bickle2006-8-3 23:24:40
Link to comment
Share on other sites

  • Replies 434
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Sim' date=' mas não como é feito, cota para os negros, mas com cotas sociais, privilegiando quem realmente precisa do ensino público e é capacitado. Poderiam ser analisados histórico escolar e condição social do individuo.[/quote']

Cotas sociais tudo bem. Agora não acho que analisando histórico escolar adiantaria alguma coisa. O ensino do Brasil é totalmente diferenciado. Há escolas publicas horrendas, assim como existem algumas ótimas. Dessa forma fica dificil avaliar uma pessoa por seu historico, já que uma escola é diferente da outra.

O governo Lula quer destruir o ensino superior brasileiro instituindo essa política patética de cotas e criando novas universidades federais quanda na verdade devia estar privatizando as já existentes.

Não sei se a privatização seria a escolha mais correta. A realidade do Brasil é diferente da dos EUA, lá a classe média e até a baixa podem pagar uma faculdade. No Brasil a classe média não teria condição de manter seus filhos em uma faculdade paga, a classe pobre então nem se fala. Tudo bem que haveriam bolsas, mas elas não seriam suficientes.

Link to comment
Share on other sites

Sim' date=' mas não como é feito, cota para os negros, mas com cotas sociais, privilegiando quem realmente precisa do ensino público e é capacitado. Poderiam ser analisados histórico escolar e condição social do individuo.[/quote']

 

Cotas sociais tudo bem. Agora não acho que analisando histórico escolar adiantaria alguma coisa. O ensino do Brasil é totalmente diferenciado. Há escolas publicas horrendas, assim como existem algumas ótimas. Dessa forma fica dificil avaliar uma pessoa por seu historico, já que uma escola é diferente da outra.

 

 

 

É verdade... Bem, então como poderia ser feito... através da nota na prova e pela condição social? O q deve ter mais peso?

 

 

 

Imagine uma pessoa q a familia (3 pessoas) tenha uma renda liquida de R$ 300,00 por mês. Digamos q ela va com um score X, um pouco menor do q o score Y de outra pessoa cuja familia (tbm 3 pessoas) tem uma renda liquida de R$ 800,00. Quem deveria ficar com a vaga nesse caso?

Link to comment
Share on other sites

Sou absolutamente contra.

 

 

 

Considero segregação. Além do mais, estaríamos desmerecendo outras 'classes' que também, por determinados motivos, não tem acesso ao ensino superior de qualidade.

 

 

 

Inclusão não significa criar mecanismos paralelos para a aceitação ou convivência com algo. Estar incluído significa já pertencer ao grupo, não ser distinto de antemão.

 

 

 

Ademais, como já levantado, o grande problema brasileiro é a condição social do indivíduo. A segregação válida no Brasil (SEGREGAÇÃO, NÃO PRECONCEITO) é a segregação da grana. Quem tem cash tem acesso ao que há de melhor. Quem não tem, não importa a cor.

 

 

 

Eu estudei a vida inteira em escolas públicas, pois minha família não tinha dinheiro para me manter em escolas particulares. Aprendi duas línguas e informática sozinho. Passei duas vezes no vestibular da UFMG, trabalhando e estudando em casa (passei em terceiro lugar em um curso e, quando desisti deste primeiro curso, passei em quinto lugar no outro). Este papo de cotas para negros me machuca profundamente, pq daria vantagens explícitas a um negro que tivesse a mesma condição social que a minha. E isto seria injusto comigo e COM TODOS OS BRANCOS QUE TAMBÉM SÃO DA MESMA CLASSE SOCIAL.

 

 

 

Além do mais, quem é negro neste país miscigenado? Se voltarmos no tempo, todo brasileiro tem um pé na senzala... Imagina que confusão! Será que vão fazer genotipagem pra saber quem é e quem não é negro neste país? Ou vão só olhar a foto e falar, 'hum, tem a pele branca, mas este cabelinho...'.

 

 

 

Ninguém merece este país. Ao invés da gente andar pra frente, a gente dá passos largos no sentido contrário.

 

Credo!

Link to comment
Share on other sites

Eu li um artigo interessante uma vez, contra. Antes de começar esta história, quem é que disse que tem que haver esse negócio de brancos e negros? Raça, só uma, a humana.

Além do que, a atitude de favorecer os negros é racista, porque parte do pressuposto de que todos os negros são pobres e todos os brancos são ricos, mentira deslavada.

Eu sou meio indeciso quanto à cotas sociais. Porque é um combate aos efeitos, e não a causa, não estaria cortando o mal pelo raiz, mesmo que esteja fazendo na medida do possível.

Link to comment
Share on other sites

Além do que' date=' a atitude de favorecer os negros é racista, porque parte do pressuposto de que todos os negros são pobres e todos os brancos são ricos, mentira deslavada.

[/quote']

... e que todo negro é "burro" e todo branco é "inteligente".

Eu sou contra esse sistema de cotas.

Link to comment
Share on other sites

É verdade... Bem' date=' então como poderia ser feito... através da nota na prova e pela condição social? O q deve ter mais peso?

Imagine uma pessoa q a familia (3 pessoas) tenha uma renda liquida de R$ 300,00 por mês. Digamos q ela va com um score X, um pouco menor do q o score Y de outra pessoa cuja familia (tbm 3 pessoas) tem uma renda liquida de R$ 800,00. Quem deveria ficar com a vaga nesse caso?

[/quote']

Mesmo que meio utópico acho que a unica solução para se mudar o atual sistema de vestibular, que exclui muita gente, seria a melhoria do ensino público, deixando as escolas publicos com o mesmo nivel das privadas. Aí sim poderiam analisar os historicos escolares, e os melhores teriam as vagas, como nos EUA. Claro que isso seria a longo prazo.

Link to comment
Share on other sites

E queria entender aquele argumento que usam pra falar a favor das cotas de que os brancos tem uma divida historica para com os negros no Brasil.

-Primeiro que eu não escravizei ninguem.
-Segundo que os negros de hoje não são escravos.
-Terceiro que eles proprios se vendiam para os europeus na Africa.
-E, finalmente, os brancos de hoje, como disse o Jack, podem ter descendencia de escravos, ja que somos um pais totalmente miscigenado, e os negros podem ter descendencia européia.

Logo, não há divida histórica nenhuma. Se querem cobrar a divida, que inventem uma maquina do tempo e voltem para a época do Colonialismo e Império para cobrar a divida com os portugueses, não com os brancos de hoje que nao tem nada com isso.

Link to comment
Share on other sites

Não. Em poucas palavras:

Além de discriminação, o aluno que entra na faculdade por cota só vai ter dificuldade. A pessoa passou por meio da cota. Legal, mas e depois? Ela não vai conseguir acompanhar as outras, principalmente se o curso for difícil como medicina. Pra entrar na faculdade tem que ESTUDAR, tem que SABER, e não ficar atrás de cotas. O conhecimento está aí, pra quem tem baixa renda tem as biliotecas públicas. Pra quem tem renda média tem cursinho. Pra quem tem renda alta vai na faculdade paga.

Link to comment
Share on other sites

Além de discriminação' date=' o aluno que entra na faculdade por cota só vai ter dificuldade. A pessoa passou por meio da cota. Legal, mas e depois? Ela não vai conseguir acompanhar as outras, principalmente se o curso for difícil como medicina. Pra entrar na faculdade tem que ESTUDAR, tem que SABER, e não ficar atrás de cotas.[/quote']

Mentira... pesquisas indicam que as universidade que já aplicam que os cotistas têm bom desempenho.

Pra quem tem renda média tem cursinho. Pra quem tem renda alta vai na faculdade paga.

Até onde eu sei, não é proibido uma faculdade paga sistematizar as cotas. Eles querem obrigar que as faculdades públicas a adotarem as cotas, o que é BEM pior.

Link to comment
Share on other sites

Sim! Se os negros são pobres' date=' discriminados e vivem nas favelas, é porque foram discriminados e tratados como lixo por 500 anos. No meu curso de fisioterapia tem só 1 negro! Isso é um absurdo!!! Cotas já, justiça, pôrra!!! smiley7.gif[/quote']

Justiça forçada, só se for.

Como ficam os brancos pobres e burros? E os negros ricos e inteligentes?

Link to comment
Share on other sites

Sim! Se os negros são pobres' date=' discriminados e vivem nas favelas, é porque foram discriminados e tratados como lixo por 500 anos. No meu curso de fisioterapia tem só 1 negro! Isso é um absurdo!!! Cotas já, justiça, pôrra!!! smiley7.gif[/quote']

Claro! Mas pera aí. Negro também não tem dinheiro para andar de ônibus, sabe como é, está ficando caro demais o aumento que os motoristas queriam. Então vamos implantar transporte coletivo especial e exclusivo para os negros. Ahm...mas ainda tem aquele problema de que os clubes são um absurdo de caro, então vamos criar clubes especiais para os negros. E assim por diante. Opa, está parecendo uma variação do Apartheid. Será que todos na sociedade entenderão a nossa boa-vontade? Será que todos (e mesmo aqueles que se provavelmente se considerarão prejudicados pelo sistema de cotas) serão compreensivos? Ou será um ambiente perfeito para os movimentos que se dizem neo-nazistas?

E os brancos pobres? Bem, só lamentamos...Mas quem é negro? Existe raça negra? Nós podemos classificar quem é negro? Bem, isto fica por conta de cada um...

Conan o bárbaro2006-8-7 16:50:37
Link to comment
Share on other sites

Mas quem é negro? Existe raça negra? Nós podemos classificar quem é negro? Bem' date=' isto fica por conta de cada um...[/quote']

Essa barreira é praticamente intransponível de forma viável. Se um sistema de cotas por raça utilizar o critério da auto-declaração, qualquer alemão da colônia pode se declarar negro que ninguém vai poder falar merda nenhuma. Vai virar bagunça a médio prazo. Mas se o critério tiver base científica, cairemos em um total e inconcebível retrocesso cultural que é a classificação "racial".

Link to comment
Share on other sites

Mas quem é negro? Existe raça negra? Nós podemos classificar quem é negro? Bem' date=' isto fica por conta de cada um...[/quote']

Essa barreira é praticamente intransponível de forma viável. Se um sistema de cotas por raça utilizar o critério da auto-declaração, qualquer alemão da colônia pode se declarar negro que ninguém vai poder falar merda nenhuma. Vai virar bagunça a médio prazo. Mas se o critério tiver base científica, cairemos em um total e inconcebível retrocesso cultural que é a classificação "racial".

Isso me lembra aqueles documentários sobre o nazismo, que mostravam na mídia exemplos de "arianidade". Imagina o pessoal indo no médico pra descobrir qual é a cor?

Cota social seria uma bomba parecida, mas com efeito retardado.

Concordo com o Dook, tem que acabar com o vestibular. O meio de selecionar os melhores pra cada curso é ridículo. É ridículo pensar que um cara que quer fazer um curso de Letras e tá puta interessado no assunto perder a vaga pra um outro cara que tá menos interessado, mas sabe melhor as questões sobre Física Nuclear (não que eu apoie que cada um deva saber só sobre o que lhe convém, mas quem está no vestibular geralmente já passou da educação básica). É simplesmente um meio de classificar quem tem "melhor" currículo, ou melhores meios de consegui-lo.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements


×
×
  • Create New...