Jump to content
Forum Cinema em Cena

Recommended Posts

  • Replies 1.7k
  • Created
  • Last Reply

Top Posters In This Topic

Top Posters In This Topic

Popular Posts

Tanto no tópico do Batman quanto aqui tem gente caindo no mesmo erro. Foca-se mais nos defeitos do "rival" do que nas qualidades do proprio objeto de defesa.   Sobre a declaração do Whedon, é só a

Meu, o q vcs acham desse projeto de reunir trocentos herois (Cap America, Hulk, H Ferro, Vespa, Thor, etc) num filme so! Eu aho q vira um samba do crioulo doido....se for fazer, entao q a DC faa logo

Com o filme da Liga sendo rodado a todo o vapor, é de se pensar quanto tempo a Marvel vai demorar pra voltar a falar de Vingadores.  Mas parece que a Marvel esta tendo mais cuidado do que a DC. Pod

 

 

 

Nossa, esse tópico está nerd demais, realmente. 06

 

Mas, Plutão, eu acho que já falamos sobre uma lógica desse troço aí do Superman. Tem a ver com como os outros o enxergam, algo assim, embora realmente eu não me importe.06

 

Tá na HQ, olha aí:

 

super_identidade_001.jpg

 

super_identidade_002.jpg

 

 

 

 

Mr. Scofield2012-05-05 12:51:27

Link to post
Share on other sites

 

  JMcClane, o Coulson mexe os pausinhos para que o personagem da Natalie Portman seja chamada para trabalhar em um lugar ermo, longe das areas populosas, que seria provavelmente onde o Loki atacaria.

 

 Achei muito legal esta referencia ao personagem dela, dando coesão ao filme. Afinal, a coisa com que o Thor mais se importa na terra é ela. Inclusive, segundo Chris Hensworth, a personagem da Portman estava nas primeiras versões do roteiro em um papel pequeno, mas acabou cortada.
Link to post
Share on other sites

 

 

Eu também não me importo Scofield. Contudo já que querem ver

lógica em tudo. Devemos então apontar os erros em outros heróis como um Batmóvel

que pesa toneladas e anda até sobre tetos inclusive de telhas coloniais. Inclusive nos

filmes do Schumacher e Nolan. Uma arma que evapora a água de tudo menos a do

corpo humano. Um homem de aço que é quase um deus, mas seus poderes não são

porra nenhuma para um simples mortal. Isto mesmo Lex Luthor vive enganado o

azulão, burro, e o infeliz não arranca a cabeça dele com um peteleco. Coisa que

Chuck Norris teria feito há muito tempo. 06

 

 

 

 

Plutão Orco2012-05-05 13:05:33

Link to post
Share on other sites

O Renato está certo sobre o escudo. Se ele não absorve toda a energia cinética da martelada do Thor o Capitão teria sido destruído ali. O problema é, que mesmo absorvendo o impacto, o escudo deveria, ao menos, ter esquentado absurdamente ( a energia se conserva). É melhor não ficar procurando muita lógica porque claramente a física da Marvel não é a física do mundo real.

Link to post
Share on other sites

 

 Sem dizer que o metal do escudo do Capitão é totalmente anti fisica. É só aplicar a lei da ação e reação. Toda e qualquer tipo de energia que o rscudo recebe (incluindo ai a térmica) é completamente absorvida pelo escido (a ação) entretanto, não existe a reação (a propagação da energia pelo resto do objeto. Em tese, é assim que funciona. Não faz sentido algum, mas hei, estamos falando de súper herois, afinal de contas.

 

 Quanto a cena de bosque, não acho que ela tenha sido inutil, excetuando o seu final. O Capitão chegou de boa, e pediu pro Thor largar o martelo. Dai o Thor pula em cima do Capitão dando a infame martelada. Esse trecho existiu só pra mostrar o quanto o escudo é fodão e tal. Se a cena tivesse acabado com a chegada do Capitão, teria ganhado mais.

 

 Agora, o dialogo do Thor com o Loki, e a luta do Homem De Ferro, eu acho que serviram a historia.
Link to post
Share on other sites

<font face="Times New Roman' date=' Times, serif" size="3">Claro que servem, servem para enfatizar o teor heróico e a situação de perigo enfrentada pelos humanos que os heróis defendem. Isto é mostrado inúmeras vezes no filme (lembra da cena em que a polícia decide fazer o que o Capitão América pede depois de vê-lo lutar?). Existe um milhão de maneiras de mostrar perigo sem sangue, e o melhor: que exige criatividade. Não assista a Warrior, você vai se contorcer.

 

[/quote']

 

 

 

Que teor heróico? as pessoas não estavam em risco devido a miopia dos soldados Ets!

 

 

 

Você está alegando que um filme que diga que o Hulk não respira de baixo d´água viva de baixo d´água.

 

 

 

Ora, se você faz uma criatura que não respira debaixo d´água, logo você não pode por ele de baixo d´água!

 

 

 

É a mesma lógica, se você poe uma sociedade, civis, sendo atacados por um exército fortemente armado, logo é lógico os ataques atingirem as pessoas que estão desarmadas, desprotegidas, e desatentas.

 

 

 

A não ser que os ETs sejam CEGO!

 

 

 

Bom, não queria fazer essa comparação, porque o filme Guerra dos Mundos é um LIXO, enquanto Vingadores é EXCELENTE para EXCEPCIONAL!

 

 

 

 

 

Mas Spielberg resolveu esse problema lógico fazendo com que os raios desintegrasse os corpos das vítimas. O filme não teve o peso das mortes.

 

 

 

Mas Spielberg não falhou com a lógica, e errou com o filme inteiro.

 

 

 

O Whelton faltou com a lógica nesse ínfimo aspecto, mas não com o filme.

 

 

 

Não, não sou cinéfilo!

 

 

 

 

<font face="Times New Roman' date=' Times, serif" size="3">Não ficarei nesse mantra porque intenção é com ç.  Mas sua frase em preto demonstra gritantemente que você não sabe o que é coerência interna, deu pena. As consequências dos atos quando falo em coerência interna só podem ser atribuídas dentro, obviamente, do próprio universo interno do filme. Não é possível que você não vê que está vendo uma cena interna a The Avengers comparando com a realidade que você vê no mundo real e não com a do filme. Falta de coerência interna seria se no início ele explodisse o mundo com cadáveres voando na tela e pedaços de corpos e mais tarde se a mesma bomba fosse disseminada ele não mostrasse sangue algum. Ou seja, diante de uma lógica desenvolvida dentro do filme haveria uma falha. O mundo externo não serve de referência ao constatar que o diretor faz uso de um recurso que o fere. É neste sentido que o filme é coerente.<font face="Times New Roman, Times, serif" size="3">E o pior é você mesmo usar deste recurso ao começar o filme e abrir mão da realidade para viver em um universo onde existem deuses e universos paralelos. <font face="Times New Roman, Times, serif" size="3">Sua lógica é elaborada a partir desta premissa: "Se existem deuses (fato dentro da estória observado) então..." - você segue com a lógica do mundo real. Note que é possível encontrar falhas depois das reticências. O mesmo aqui: "se explosões não causam sangue neste filme (fato dentro da estória observado) então..."

 

[/quote']

 

 

 

pera ai, você está dizendo que é pelo fato de ser fantasia, logo temos que acreditar que aqueles raios não matam?

 

 

 

Aah, então essa era a intenÇão do Diretor? que os raios não matassem?

 

 

 

Beleza, então ai não há problema com a lógica, e sim com a trama, por que diabos os heróis estavam salvando as pessoas? os ataques não matavam ninguém mesmo

 

06.gifPor que as pessoas fugiam? elas poderiam muito bem estar sentadas recebendo os raio de luzes que os ETs direcionavam a elas. Aaaaah, as luzes incomodavam os seus olhos...

 

 

 

Não faz sentido o que você disse Scofa. Os raios eram perigosos, ESSA ERA A PROPOSTA DO FILME.

 

 

 

Logo, se as armas dos ETs eram perigosos, não faz sentido o ataque aos civis não ocorrer uma sequer explosão em cima de um civil, um se quer corpo.

 

 

 

Não estou comparando com a realidade, estou comparando com a própria premissa do filme!

 

 

 

O que eu vi, ou o que eu tive a sensação foi que o ataque parecia ser perigosíssimo, mas não se concretizou na cena em que O PRÓPRIO DIRETOR SE PROPÔS A COLOCAR. Quando Ets atacaram CIVIS DESATENTOS, almoçando ao ar livre num restaurante, sentados, e no ataque TODOS pareciam fugir das explosões.

 

 

 

Que ataque é esse? que perigo é esse? me pareceu que os ETs eram um bando de cegos, retardados...

 

 

 

Pronto, o filme do Superman 2 NÃO caiu nesse erro, o Capitão Zord em plena Metrópolis, começou a assoprar fazendo um furacão, ONDE TODO MUNDO FOI ATINGIDO, SAINDO VOADO PELOS ARES.

 

 

 

Ali não houve morte alguma, mas você CONFIRMARA o perigo que você sentia do poder do Zord, porque ele atingiu e trouxe consequências a quem eles estavam mirando. O diretor se propôs a uma coisa E NÃO SE ALEIJOU. Ele usou uma estratégia para mostrar o poder e a gravidade da do ataque do Zord, CONFIRMANDO o que só a presença do Zord demonstrava. Todos nós sabiamos que o Zod estando ali era um risco TREMENDO para a população, mas na ausência do Superman, se o Zod tivesse assoprado pro céu, certamente você se perguntaria: What porra is that? o cara assopra pro céu e não pega ninguém?

 

 

 

Coisa que nos Vingadores, na cena dos ETs atacando os civis, e no panorama da cidade, ISSO NÃO ACONTECEU, o diretor com a intenção de suavizar, adotou uma estratégia errada, os ETs pareceu uns bundões que não mataram ninguém naquelas cenas.

 

 

 

 

 

A discussão não foi essa.<font face="Times New Roman' date=' Times, serif" size="3">O lance é que o as vezes o Capitão é jogado para longe com o impacto dos golpes e as vezes fica imóvel.Pela teoria do metal do escudo, este deveria receber todo o impacto e nunca passar ele para o capitão. Mas não é o que ocorre sempre.Não foi isso que eles falaram? 06Adler, ISTO é um exemplo de discussão procedente sobre coerência interna. Entendeu agora? [img>" align=absmiddle" alt="03" />[/quote]

 

 

 

Isso TAMBÉM É!!

 

 

 

Bem, se Você diz que não gosta de lasanha, e horas depois come lasanha, o que eu posso pensar de você?

 

 

 

Foi você quem disse que não come lasanha, não eu!

 

 

 

Foi o diretor que mostrou as pessoas sendo atacadas por explosões, raios e os escambau, não eu!

 

 

 

Mas não mostrou nenhum acertando o alvo, foram só "tiros pros lados"!

 

 

 

Que diabos eu vou sentir da cena e da gravidade do ataque?

 

 

 

A mesma coisa, foi o diretor quem se propôs a alegar que o impacto da porrada no escudo ele fica imóvel,

 

 

 

mas em muitas porradas ele recebe as sequelas do impacto, o que eu devo pensar?

 

 

 

A questão é, o Diretor propõe x, mas faz y, há um buraco ai, não?

 

 

 

Bem, por mim eu já expus todo os os argumentos possíveis para me esclarecer:

 

 

 

A) não estou pedindo realidade ao filme, estou pedindo coerência entre as cenas das quais o próprio diretor as propôs

 

 

 

B) não estou querendo ver sangue ou coisa parecida, mas apenas confirmar o que as cenas se propõem a ser.

 

 

 

Bem, mudando de assunto:

 

 

 

Tem uma cena que eu fiquei meio confuso:

 

 

 

O Gavião Arqueiro quando do lado do Loki no ataque a nave da SHIELD, ele joga uma flecha que aparentemente hackeia o sistema da nave e desliga TUDO (pelo que eu entendi)!

 

 

 

Mas a nave continua voando, e o Iron Man voando faz uma hélice voltar a girar, e ai repõe a nave de volta.

 

 

 

Não entendi muito bem, a nave foi hackeada? mas pelo que eu me lembre bem o Homem de Ferro estava tentando fazer com que a hélice volte a funcionar pra que ela não comprometa, enquanto AS OUTRAS continuavam a funcionar. Mas quando o sistema foi desligado pelo Gavião, acho que todas as hélices pararam, porém o Ferroso continuou com seu plano, de ligar uma hélice e tal...

 

 

 

Ficou meio confuso essa parte, sei lá...Gustavo Adler2012-05-05 13:55:51

Link to post
Share on other sites

 

 

Adler, seu texto é longo demais, não lerei. Acho que já ficou claro. Se não entendeu, paciência, não concordo e nem vejo nenhum sentido no que fala. Ponto.

 

Contudo já que querem ver

lógica em tudo. Devemos então apontar os erros em outros heróis como um Batmóvel

que pesa toneladas e anda até sobre tetos inclusive de telhas coloniais. Inclusive nos

filmes do Schumacher e Nolan. Uma arma que evapora a água de tudo menos a do

corpo humano. Um homem de aço que é quase um deus, mas seus poderes não são

porra nenhuma para um simples mortal. Isto mesmo Lex Luthor vive enganado o

azulão, burro, e o infeliz não arranca a cabeça dele com um peteleco. Coisa que

Chuck Norris teria feito há muito tempo. [/quote']

Genial. Lembrando que o filme do Nolan "quer ser" extremamente real. 06

 

Outro fator importante é que a tal explicação do Superman com o superdisfarce está na HQ. Como não acho que um deve depender do outro, permanece sem explicação no filme. 06

 

Edit: dessa eu nao sabia' date=' o Super tem super-hipnotismo?06[/quote']

Tem. Não é sensacional? 06

 

 

 

Mr. Scofield2012-05-05 14:03:24

Link to post
Share on other sites

Bem, eu não quero prolongar a discussão, eu entendi perfeitamente o seu ponto, mas definitivamente, você não me entendeu, e ainda evita ler, eu heim smileys/09.gif" align="middle" />

 

 

 

Foge, foge, foge, e foge...

 

Bem:

 

 

 

A) não estou pedindo realidade ao filme, estou pedindo coerência entre as cenas das quais o próprio diretor as propôs

 

 

 

B) não estou querendo ver sangue ou coisa parecida, mas apenas confirmar o que as cenas se propõem a ser.

 

 

 

Superman 2 foi coerente com a proposta de uma ameaça gravíssima (Zord assoprando todo mundo), e o fraquíssimo Guerra dos Mundos foi coerente com a proposta da ameaça dos disparos alienígenas ao fazer as pessoas desintegrarem.

 

 

 

O Whelton não querendo dar o peso de da morte, escolheu uma estratégia errada, ao meu ver, para aquelas respectivas cenas, dos ETs atacando civis e do panorama geral.Gustavo Adler2012-05-05 14:36:37

Link to post
Share on other sites

 

A discussão do MRG envolvendo o Thor e o Escudo do Capitão foi bem esclarecedora.O metal do escudo só absorve o impacto quando convém smileys/06.gif" align="absmiddle" alt="06" />
 

 

 

 

 

 

o mesmo digo qto a ninguem perceber minimamente q o quatro zóio Kent e o Zé Cuecão sejam a mesma pessoa..

 

 

 

a diferença' date=' caro Soto, é que o óculos do Super, apesar de tosco, é um disfarce que você acredita porque TODOS no filme acreditam.

 

 

 

O óculos não é jogado como elemento para que ora se acredite, ora não. Ou seja, mesmo dentro de uma desculpa esfarrapada, existe uma lógica que é respeitada. [/quote']

 

 

 

Só tu e mais um Zé que falaram do lance do escudo (e tu só falou pq esse Zé apontou, já que nunca tinha passado pela tua cabeça). E o escudo do Capitão TODOS no filme acreditam, não existe isso de ora se acreditar e ora não. Existe a tua teimosia em não aceitar que falou merda.

 

Só trouxe a teoria do Zé para a conversa por achar interessante como assunto nerd.

 

A última coisa que me incomoda no filme é o escudo da Capitão América.

 

Agora, sejamos objetivos quanto à questão 06

 

O Capitão américa já saiu voando com o impacto no escudo? Sim ou não?

 

Link to post
Share on other sites

 

Valeu Plutão e questao' date=' na hora vi a foto dela na telinha mas nao entendi o que falaramthumb

 

Edit: dessa eu nao sabia, o Super tem super-hipnotismo?06

 

 

 

[/quote']

 

tem também o olhar reconstrutor de muralha da china e o beijo da amnésia, me preferido06

Link to post
Share on other sites

Gostaria de saber seria ridiculo um crossover dos transformers com os vingadores ?

 

 

 

Só um novo filme dos Transformers (por michael bay) já seria ridículo por si só.

 

 

 

A vantagem é que teríamos uma Viúva Negra mega siliconada com um mega decote e uma bela pata de camelo entre as pernas. 3d01.gifAlexander_Bell2012-05-05 16:46:41

Link to post
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...

Announcements


×
×
  • Create New...