Jump to content
Forum Cinema em Cena

The Overlook Hotel (Prequel de O Iluminado - 1980)


Jailcante
 Share

Recommended Posts



O ILUMINADO ganhará prelúdio
29/07 - 12h02


por Diego Almeida


Mais um clássico de Hollywood deve ser revisitado. De acordo com o jornal LA Times, a Warner Bros. desenvolve em sigilo o prelúdio de O Iluminado, terror de 1980 com direção de Stanley Kubrick. A trama deve acompanhar Jack Torrance, interpretado por Jack Nicholson no original, antes dos eventos transtornantes ocorridos no Overlook Hotel.

A equipe de produção já estaria contratada e conta com Laeta Kalogridis (Avatar), James Vanderbilt (O Espetacular Homem-Aranha) e Bradley Fischer. O projeto ainda não tem cronograma definido.

Ao mesmo tempo, Stephen King, autor da obra que deu origem ao clássico filme, prepara o lançamento da continuação, Dr. Sleep. O segundo livro é centrado em Danny, filho do protagonista atormentado. Agora com 40 anos, ele trabalha em um hospital de Nova York e auxilia com seus poderes mediúnicos pacientes terminais a passar para o outro lado - por conta disso é conhecido como o "Dr. Sono" do título.



http://www.cinemaemcena.com.br/plus/modulos/noticias/ler.php?cdnoticia=45680&cdcategoria=1

Ok, não é 1º de abril, então isso deve ser sério mesmo. Mas o que aconteceu de tão importante assim com o Jack antes dele ir pro Hotel para resolveram fazer essa prequel?

Nem consigo imaginar o que pode dar isso aí. :mellow:
Link to comment
Share on other sites

Acho que não vai ter nada a ver com o Jack, JAILCANTE. Acho que a idéia deles é contar a historia do proprio hotel.

 

No livro, tem um capítulo dedicado exclusivamente a todas as historias bizarras que aconteceram no Overlook, entre elas a do Delbert Grady, antecessor do Jack (o que matou as filhas gêmeas) e a do homem fantasiado de cachorro, que aparece pra Wendy no final.

 

Em primeira instancia, a idéia não me agrada muito.

Link to comment
Share on other sites

Espera um pouquinho. Eu até concordo que em primeira instancia, esre filme é desnecessario (a grande maioria dos filmes é "desnecessario" em primeira instancia). Mas só se pode dizer que o produto é porcaria depois de pronto.

 

E outra, querer ganhar dinheiro não é feio. Só acho que se queriam usar uma obra do King podiam escolher uma que não tenha sido adaptada.ainda. Pessoalmente, tenho curiosidade de ver como seria uma adaptação de A LONGA MARCHA, por exemplo.

 

Mas acho que pode sair coisa boa dai. já que o universo do Overlook abre sim possibilidades para novas historias (se for mesmo centrado no Overlook). Agora, se quiserem explorar o passado do Jack Torrance, ai é quase merda na certa, pois tudo já foi dito sobre ele no filme original.

Link to comment
Share on other sites

Querer ganhar dinheiro não é feio, mas querer fazer dinheiro a qualquer custo é sim. E com isto temos muitos e muitos filmes mesmo meia boa por ai.

 

E acho que público deve reagir contra esta preguiça cinematográfica. E é exatamente o que parece em Hollywood. O cinema precisa fazer algo de novo e diferente e não ficar só se perpetuando na mesmice.

 

 

Se querem ver ou rever Robocop, Conan, Planeta dos Macacos, Blade Runner e tantos outros ai veja o original mesmo. Agora revender ou usar uma nova roupagem que muitas vezes é mal feita é uma forma de enganar. Eu me sinto assim. Enganado! Não estou dizendo que o filme vai ser ruim e sim muito provavelmente vai ser mais uma porcaria “enlatada”.

 

Muitos filmes chamados enlatados têm este apelido em função do antigo rolo de filmes e é feita a analogia com a indústria de comida enlatada. E com isto quer dizer que é feito par vender sem ser necessariamente bom. É feito em larga escala sem ter a ambição de qualidade apenas lucro. $$$

 

A verdade é que os produtores estão se lixando para qualidade o querem mesmo é o lucro, mas se for bom produto é uma conseqüência. Desde que tenha lucro que é fundamental. Acha isto uma boa base de qualidade? E com isto cinema é nivelado e fica cada vez mais comercial e de pouca qualidade. E isto dou razão de muita gente cinéfila não gostar.

 

Antes alguns anos não me incomodavam muito como alguns e como você, mas estou começando a me incomodar e muito com isto. Parece sim sinal de crise. Só que até agora não temos tantas mentes inovadoras como Steven Spielberg, George Lucas, Martin Scorsese, Francis Ford Coppola e tantos outros gênios para salvar a nova Hollywood de uma crise de 60. Com ideais realmente revolucionarias.

Link to comment
Share on other sites

Claro que sim ninguém me obriga. Mas também ninguém me convence de deixar de contestar e questionar. Até porque somos repassáveis por aquilo que cativamos e endossamos.

 

A indústria de cinema esta uma merda na criatividade é uma critica para ser lida e se darem conta. Se eu ficar omisso e na minha sou tão responsável quanto aqueles que fazem a merda acontecer.

 

Resumindo estou criticando e vou continuar assim até o fim dos tempos.

Link to comment
Share on other sites

Claro que sim ninguém me obriga. Mas também ninguém me convence de deixar de contestar e questionar. Até porque somos repassáveis por aquilo que cativamos e endossamos.

 

A indústria de cinema esta uma merda na criatividade é uma critica para ser lida e se darem conta. Se eu ficar omisso e na minha sou tão responsável quanto aqueles que fazem a merda acontecer.

 

Resumindo estou criticando e vou continuar assim até o fim dos tempos.

Parece um pouco panfletario, mas... Se você se sente bem assim, ok. Continue criticando até Hollywood melhorar, ou até o fim dos tempos, o que vier primeiro.

 

Mas como disse o SAGA, não diga estar sendo enganado. Você não esta. Pois como você mesmo disse... Ninguem te obriga.

Link to comment
Share on other sites

Antes do lançamento poderiamos dizer que Prometheus seria um caça níquel sem vergonha "o que, prequel de Alien?". Mas pelo visto pra um grande número de pessoas isso não se confirmou, e muitos idolatram.

 

Se quer criticar (também concordo com o Saga e Questão), beleza. Mas é muito precipitado antes de termos o minimo de informação. Vai que...

Link to comment
Share on other sites

Você escolhe o que assiste, ninguém aponta arma na sua cabeça e te obriga ir ao cinema, alugar um filme ou assistir o que passa na tv....

 

Depende... Se eu quero assistir algo no cinema, ultimamente não tenho tido muita escolha... Vejamos... Na minha cidade há 50 salas de cinema e 11 filmes em cartaz. Desses 11, 3 são continuações e 1 reboot, sendo que desses 4, dois são filmes de super-heróis. Esses dois de super-heróis (uma continuação e outro reboot) ocupam no total, 33 salas, ou seja, quase 70% das salas. Os outros 8 filmes são de gêneros variados e tem que se espremer nas outras 17 salas restantes, lembrando que desses 8 filmes, um deles (a animação Valente), está ocupando 9 salas, sobrando 6 salas para os 7 filmes restantes. Um desses filmes terá que dividir a sala com outro filme.

 

Bottom line: se eu não gosto de filmes de HQ ou desenhos, o momento é HORRÍVEL para eu ir ao cinema...

Link to comment
Share on other sites

Parece um pouco panfletario, mas... Se você se sente bem assim, ok. Continue criticando até Hollywood melhorar, ou até o fim dos tempos, o que vier primeiro.

 

Mas como disse o SAGA, não diga estar sendo enganado. Você não esta. Pois como você mesmo disse... Ninguem te obriga.

 

Pera ai, agora criticar e expressa-la com o intuito de fazer as pessoas conhecer essa perspectiva é panfletagem, ou de causar a reflexão?

 

Panfletagem é ficar repetindo uma estratégia e espalhando por ai como que querendo catequizar, com o intuito de simplesmente ganhar mais adeptos, sem necessariamente causar reflexão.

 

Meu deus, que situação, essa falsa dicotomia. Quem critica e busca a reflexão é panfletário, é ecochato, é anárquico, quem concorda com o modus que está é alienado (perceba que coloquei concorda, e não aceita. Aceitar significa se submeter, mesmo que não concorde, ou seja, não é resultado de uma reflexão e pode ser chamado, em ultima instancia, de alienação).

 

Depende... Se eu quero assistir algo no cinema, ultimamente não tenho tido muita escolha... Vejamos... Na minha cidade há 50 salas de cinema e 11 filmes em cartaz. Desses 11, 3 são continuações e 1 reboot, sendo que desses 4, dois são filmes de super-heróis. Esses dois de super-heróis (uma continuação e outro reboot) ocupam no total, 33 salas, ou seja, quase 70% das salas. Os outros 8 filmes são de gêneros variados e tem que se espremer nas outras 17 salas restantes, lembrando que desses 8 filmes, um deles (a animação Valente), está ocupando 9 salas, sobrando 6 salas para os 7 filmes restantes. Um desses filmes terá que dividir a sala com outro filme.

 

Bottom line: se eu não gosto de filmes de HQ ou desenhos, o momento é HORRÍVEL para eu ir ao cinema...

 

perfeito.

 

Oferta e procura. É a vida no Brasil

 

Mas ai a gente entra em outra questão, que é a falta de salas de circuito alternativo e tudo mais. Tem uns cinco projetos de leis mais ou menos a esse respeito mofando lá em Brásilia.

 

Mas ai você está apelando para vias alternativas, porque a crítica do Plutão me parece ser dirigida ao grande mercado cinematográfico, que é de Hollywood.

 

O que ele está levantando é que Hollywood está passando por um momento de falência criativa, ou entre-safra, ou pouca ambição artística...

 

E me parece que está mesmo, A ARTE cinema me parece estar bem criativa ainda, mas o cinema produzido por Hollywood me parece com 80% mais do mesmo.

Link to comment
Share on other sites

  • 8 months later...
The Overlook Hotel | Ex-produtor de Walking Dead vai escrever o prelúdio de O Iluminado Glen Mazzara fecha com a Warner Bros. para roteirizar o filme
Marcelo Hessel
11 de Abril de 2013
danny.jpg
 

The Overlook Hotel, o prelúdio de O Iluminado, obra-prima do terror de Stanley Kubrick, que a Warner Bros. está desenvolvendo, contratou um roteirista. É Glen Mazzara, ex-produtor-executivo da série de TV The Walking Dead, segundo o Deadline.

 

Laeta Kalogridis (Ilha do Medo, Avatar), Bradley Fischer (Cisne Negro) e James Vanderbilt (Zodíaco, O Espetacular Homem-Aranha) produzem o longa-metragem, cuja trama segue mantida em sigilo.

O filme ainda não tem cronograma de produção.

 

Enquanto isso, o autor do romance O Iluminado, Stephen King, prepara-se para o lançamento de Dr. Sleep, sua continuação para o livro - leia mais.

Link to comment
Share on other sites

  • 1 year later...

The Overlook Hotel | Prelúdio de O Iluminado pode ter Alfonso Cuarón na direção

Warner Bros. está oferecendo diversos projetos ao diretor de Gravidade
Natália Bridi
22 de Maio de 2014
 

danny.jpg

 

The Overlook Hotel, o prelúdio de O Iluminado, obra-prima do terror de Stanley Kubrick, que a Warner Bros.está desenvolvendo, pode ter Alfonso Cuarón na direção. De acordo com o Schmoes Know, o estúdio ofereceu o posto ao diretor.
Glen Mazzara, ex-produtor-executivo da série de TV The Walking Dead, é quem escreve o roteiro. Laeta Kalogridis (Ilha do Medo, Avatar), Bradley Fischer(Cisne Negro) e James Vanderbilt (Zodíaco, O Espetacular Homem-Aranha) produzem o longa-metragem, cuja trama segue mantida em sigilo.

O filme ainda não tem cronograma de produção. Enquanto isso, o autor do romance O IluminadoStephen King, prepara-se para o lançamento de Dr. Sleep, sua continuação para o livro.

Nesta semana, Cuarón teve seu nome ligado a Animais Fantásticos e Onde Habitam(Fantastic Beasts and Where to Find Them), primeiro filme da trilogia baseada na franquia Harry Potter, que também será produzido pela Warner.

 

http://omelete.uol.com.br/cinema/overlook-hotel-preludio-de-o-iluminado-pode-ter-alfonso-cuaron-na-direcao/#.U343i3JdVA0

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
Prelúdio de O ILUMINADO pode ter Mark Romanek na direção

18/07/14 - 15h08

por Antônio Tinôco

 

160_3.jpg

 


Mark Romanek (Retratos de uma Obsessão) está em fase de negociações com a Warner Bros. para dirigir Overlook Hotel, um prelúdio do clássico de terror O Iluminado (1980) que foi baseado na obra homônima de Stephen King e dirigido por Stanley Kubrick. As informações são do site The Hollywood Reporter.

 

O filme contará a história da origem do hotel amaldiçoado em que moraram os personagens de Jack Nicholson (Chinatown) e Shelley Duvall (Noivo Neurótico, Noiva Nervosa). Dessa vez, o protagonista será Bob T. Watson, um barão criminoso do início do século XX que foi o primeiro dono da habitação.

 

Glenn Mazzara, produtor da série The Walking Dead, desenvolveu o roteiro de Overlook Hotel a partir de um prólogo escrito pelo próprio King que ficou de fora da primeira edição do livro O Iluminado, em 1977. Não há data para o início das filmagens.

 


Link to comment
Share on other sites

  • 7 years later...
  • 3 weeks later...
On 7/29/2012 at 7:52 PM, Questão said:

Espera um pouquinho. Eu até concordo que em primeira instancia, esre filme é desnecessario (a grande maioria dos filmes é "desnecessario" em primeira instancia). Mas só se pode dizer que o produto é porcaria depois de pronto.

 

E outra, querer ganhar dinheiro não é feio. Só acho que se queriam usar uma obra do King podiam escolher uma que não tenha sido adaptada.ainda. Pessoalmente, tenho curiosidade de ver como seria uma adaptação de A LONGA MARCHA, por exemplo.

 

Mas acho que pode sair coisa boa dai. já que o universo do Overlook abre sim possibilidades para novas historias (se for mesmo centrado no Overlook). Agora, se quiserem explorar o passado do Jack Torrance, ai é quase merda na certa, pois tudo já foi dito sobre ele no filme original.

Desculpa Questão, querer ganhar dinheiro é feio sim.

Deveria era querer fazer filme, isso sim

Link to comment
Share on other sites

On 7/29/2012 at 9:02 PM, Tensor said:

Antes do lançamento poderiamos dizer que Prometheus seria um caça níquel sem vergonha "o que, prequel de Alien?". Mas pelo visto pra um grande número de pessoas isso não se confirmou, e muitos idolatram.

 

Se quer criticar (também concordo com o Saga e Questão), beleza. Mas é muito precipitado antes de termos o minimo de informação. Vai que...

E Prometheus não foi um caça níquel?

Link to comment
Share on other sites

  • 1 month later...
On 8/23/2021 at 11:47 PM, Gustavo Adler said:

Desculpa Questão, querer ganhar dinheiro é feio sim.

Deveria era querer fazer filme, isso sim

 

 Como você retomou uma discussão de quase dez anos, me sinto confortavel pra retomar um mes depois.

Não é feio querer ganhar dinheiro, não. Afinal, você faz filme como? Com semente? Feitiçaria? Milagre da fé? Não, é com dinheiro. Sim, Glauber Rocha mentiu. Não precisa só de uma câmera na mão e uma idéia na cabeça. Por que artista também quer ganhar dinheiro.

Então não é feio querer ganhar dinheiro com um filme. Agora, querer fazer um filme SÓ pra ganhar dinheiro, ai já não é legal. Tem que haver interesse em querer contar uma história que vale a pena ser contada ou dizer algo com aquilo.

Link to comment
Share on other sites

Join the conversation

You can post now and register later. If you have an account, sign in now to post with your account.

Guest
Reply to this topic...

×   Pasted as rich text.   Paste as plain text instead

  Only 75 emoji are allowed.

×   Your link has been automatically embedded.   Display as a link instead

×   Your previous content has been restored.   Clear editor

×   You cannot paste images directly. Upload or insert images from URL.

Loading...
 Share

Announcements

×
×
  • Create New...