Jump to content
Forum Cinema em Cena

Bastidores do Cinema

Espaço para que interessados em produção cinematográfica possam discutir temas técnicos: trilhas sonoras, fotografia, edição, montagem, roteiros...


56 topics in this forum

    • 84 replies
    • 73.8k views
    • 21 replies
    • 14k views
    • 243 replies
    • 117.2k views
  1. Tipos de Widescreen

    • 16 replies
    • 13.4k views
    • 21 replies
    • 29.5k views
  2. Dublagem

    • 21 replies
    • 18.7k views
    • 1 reply
    • 5.3k views
    • 4 replies
    • 6.2k views
  3. Você Já Fez um Filme? 1 2

    • 49 replies
    • 11.3k views
    • 22 replies
    • 15.8k views
    • 9 replies
    • 6.3k views
    • 10 replies
    • 15.6k views
    • 61 replies
    • 13.6k views
    • 6 replies
    • 20.6k views
    • 4 replies
    • 5.3k views
    • 7 replies
    • 4.6k views
    • 1 reply
    • 3.8k views
    • 0 replies
    • 3.4k views
    • 33 replies
    • 8.1k views
    • 0 replies
    • 3.6k views
    • 0 replies
    • 3.5k views
    • 0 replies
    • 3.7k views
    • 0 replies
    • 3.5k views
  4. Roteiro e Edição

    • 13 replies
    • 5.4k views
    • 103 replies
    • 32k views

Announcements

  • Posts

    • Estava há alguns anos sem ver nada de Takeshi Kitano. Sacrilégio! No Japão, ele era um popular comediante da tevê; então inteligentemente quis mostrar sua versatilidade, ingressando no cinema com uma série de bons filmes policiais, explorando a máfia japonesa, até chegar à obra-prima "Hana-Bi: Fogos de Artifício", em 1997 - ganhador do Leão de Ouro em Veneza. No filme seguinte, em 1999, entretanto, sai da brutalidade e cai na ternura comovente, lançando "Verão Feliz", no qual um ex-Yakuza, picareta, malandrão malandrão, ajuda um menino de 9 anos a reeencontrar a mãe, com quem nunca viveu. Para isso, pegam a estrada, conhecem muitos tipos curiosos pelo caminho, sentem tédio, sentem fome, passam perrengue, mas se divertem bastante também, construindo uma bela amizade. No meio do filme, dá-se o tal encontro. Ou não. É um momento muito ambíguo.  Fiquei pensando então o que ele faria ainda nos últimos quarenta minutos de filme. E o roteiro é tão fera que dá um drible na gente, e passamos, em uma troca de perspectiva genial, a acompanhar o personagem de Kitano a visitar sua própria mãe. Trilha sonora lindíssima. Mais um título que prova que 1999 é o o ano é o ano é o ano.  
    • "Crime e Castigo" é o longa de estreia do finlandês Aki Kaurismäki, em 1983. No famoso livro em que Truffaut entrevista Hitchcock, de 1966, o mestre do suspense afirmou que "Crime e Castigo" era um romance infilmável. Diz Kaurismäki, ironicamente, que quis provar que não.  Por que ironicamente? Na verdade, ele muda muitíssimo a história do clássico russo, ou então a adapta apenas em linhas gerais. Muda o universo da história para a Finlândia dos anos 1980, um país ainda não tão rico assim. O protagonista assassino passa de estudante a ser um açougueiro, que mata dessa vez um homem, e seu crime é testemunhado por uma jovem, com quem se envolve romanticamente... Mas a mudança mais significativa é que o criminoso não sente "culpa", não se desespera, nem se medra diante do tirocínio do delegado de polícia. Ao contrário, o desafia, tem até orgulho de seu ato. Ao longo dos anos 1980, Kaurismäki colocaria os pobres trabalhadores de seu pais em grande foco, até atingir o ápice no maravilhoso "A Garota da Fábrica de Caixas de Fósforos", de 1990. O recado subliminar que fica é: esmaguemos os ricos, eles saberão o por quê.
    • Aquisição de Blu Rays dessa vez:
  • Popular Contributors

×
×
  • Create New...